24 de abril de 2024

Buscas por ciclista português desaparecido são suspensas devido ao mau tempo

Após doze dias, equipes de resgate e salvamento ainda não encontraram sinais do mountain biker João Marinho. Região onde o atleta desapareceu é considerada uma das mais perigosas da Europa

As buscas pelo ciclista português João Marinho, desaparecido enquanto praticava mountain bike em uma trilha na Espanha forma interrompidas ontem devido ao mau tempo na região.

Doze dias após o desaparecimento do ciclista, equipes de resgate e salvamento ainda não haviam encontrado sinais do atleta. Neste sábado (15), o mau tempo obrigou a interrupção das buscas, impossibilitando o voo de helicópteros e o deslocamento por terra.

Neste sábado, uma equipe portuguesa da GNP (Guarda Civil Republicana) especialista em resgate, composta por dez homens e cães da raça Labrador, juntou-se aos membros da Guarda Civil Espanhola nas buscas, que serão reiniciadas assim que os fortes ventos e queda de neve na região sejam reduzidos.

Uma unidade especial da GNR portuguesa, composta por homens e cães, está na região para auxiliar nas buscas
Uma unidade especial da GNR portuguesa, composta por homens e cães, está na região para auxiliar nas buscas

João Marinho está desaparecido desde o dia 4, quando anunciou no Facebook que iria praticar trilha nos Picos da Europa, uma cadeia montanhosa na Espanha considerada uma das mais difíceis e perigosas da Península Ibérica.

Engenheiro eletrônico por formação, João Marinho é considerado um atleta experiente e apaixonado pela exploração de montanhas e desertos. Recentemente, João participou de um curso de formação em socorrismo e sobrevivência, o que alimenta a esperança de seus amigos e familiares que ele esteja bem.

Amigos organizam vigília

Amigos organizam vigília por montanhista desaparecidoAlgumas centenas de pessoas juntaram-se para uma vigília, na tarde desta última sexta-feira (14), em Amarante, cidade natal de João Marinho.

João Gonçalves, amigo do atleta e um dos responsáveis pela organização da iniciativa, explicou que a ideia surgiu de um grupo de amigos de João Marinho, que reclamam da morosidade das autoridades espanholas nas buscas. “Queremos pressionar as autoridades espanholas autorizem outras equipes de resgate a auxiliar nas buscas”, disse.

A preocupação dos amigos e familiares é que as previsões meteorológicas indicam que as condições climatéricas podem piorar nos próximos dias. “As próximas horas serão cruciais”, reiterou Gonçalves.

“As autoridades espanholas podem pensar que o João é um mero atleta de aventura, mas não é. Ele tem força para aguentar durante dias e dias”, referiu Valter Marinho, sobrinho do atleta. “Em nossa família nunca aprendemos a palavra desistir. Ele está, neste momento, a lutar e, muito em breve, estará novamente conosco com uma boa história para nos contar”, acrescentou.

Durante a vigília, foi exibido um cartaz onde se lia “Tu nunca sabes a força que tens até que a tua única alternativa é ser forte! Nós também somos a tua força, João”, uma mensagem que demonstra a esperança de familiares e amigos de encontrarem João Marinho ainda com vida.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização