18 de abril de 2024

Aparka, o incrível estacionamento modular para bicicletas

Paraciclo protege as bicicletas contra o clima e roubos e possui espaço para armazenagem de itens pessoais, como capacete e mochila

Com o incremento do uso das bicicletas como meio de mobilidade urbana, surge uma demanda cada vez maior por paraciclos que permitam estacionar as bikes com segurança e eficiência.

AparkaEntre as diversas soluções utilizadas na Europa, destaca-se o Aparka, um sistema de estacionamento para bicicletas desenvolvido na região de Bilbao, Espanha, cuja versatilidade permite utilizá-lo como paraciclo tanto para bicicletas compartilhadas quanto para bikes comuns.

Desenvolvido pela ONG Emaús Bilbao SCIS, o Aparka é um sistema modular que permite não apenas armazenar a bicicleta, mas também proporcionar espaço para guardar itens pessoais do ciclista, em uma estrutura que mantém a bike protegida das ações climáticas, vandalismo e roubo. Além disso, a estação possui tomadas para permitir a recarga das bicicletas elétricas durante a armazenagem.

AparkaO sistema ocupa pouco espaço nas ruas, já que cada módulo é apenas um pouco maior que a própria bicicleta. Para se ter uma ideia, é possível estacionar 11 bikes em um espaço equivalente a uma única vaga de automóvel.

Devido ao fato de ser um “estacionamento fechado” o Aparka dispensa a utilização de cadeados e correntes, já que a bicicleta fica presa em um casulo a prova de roubo e vandalismo.

Devido as suas características modulares, o Aparka pode ser instalado em poucos minutos, bastando ancorá-lo ao solo. Sua versatilidade permite que seja utilizado por várias pessoas simultaneamente sem a necessidade de filas, como ocorre nos sistemas de bicicletas públicas utilizados na Europa atualmente.

AparkaDesde que foi utilizado pela primeira vez, o Aparka tem sido um retumbante sucesso, a ponto de atrair o interesse de diversos países.

A Alemanha está em vias de implementar o Aparka em um super corredor de bicicletas elétricas que está sendo construído na região sudoeste de Berlim.

Na França, a empresa Aguidon Plus demonstrou interesse em utilizar o sistema Aparka em um projeto de estacionamentos coletivos em ferryboats.

Na Itália, um acordo de colaboração entre a divisão de energia da marca Ducati permitirá que o Aparka seja implementado no país. Já na Finlândia, o Consórcio de Transportes de Helsinki está cogitando a possibilidade de implantar o sistema.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização