12 de abril de 2024

Bermuda inteligente monitora batimento cardíaco e carga muscular

A cada dia que passa, avanços tecnológicos da indústria esportiva permitem a atletas trocar o desconfortável e limitado cinto peitoral com sensor de monitoramento cardíaco por outras alternativas que cumprem a mesma função com vantagens. Atualmente, é possível utilizar equipamentos de monitoramento na forma de pulseiras e capacetes.

A bermuda Myontec MBody possui sensores que medem a atividade elétrica dos músculos
A bermuda Myontec MBody possui sensores que medem a atividade elétrica dos músculos

Apesar disso, uma pequena empresa finlandesa empresa especializada no desenvolvimento de softwares desportivos pretende dar um grande passo a frente, ao desenvolver uma bermuda inteligente, capaz de monitorar não apenas os batimentos cardíacos, mas também a carga muscular do atleta.

A tecnologia empregada pela Myontec no desenvolvimento da bermuda Mbody vai muito mais além do simples monitoramento de dados corporais. A bermuda possui diversos sensores capazes de medir a atividade elétrica dos músculos, em um processo denominado eletromiografia. Com isto, é possível ao usuário da bermuda monitorar em tempo real a carga muscular de cada perna separadamente e informando, em tempo real, se o ciclista está forçando mais uma perna que a outra, além de informações como nível de ganho/perda de massa muscular, cadência das pernas e, claro, batimento cardíaco.

Todas as informações coletadas pelos sensores da bermuda são transmitidas para o smartphone do atleta
Todas as informações coletadas pelos sensores da bermuda são transmitidas para o smartphone do atleta

Todos os dados coletados pela bermuda são analisados em um pequeno computador preso na cintura da bermuda, que funciona como um personal trainer virtual que, baseado nas características pessoais do atleta como idade, sexo e objetivos pretendidos, fornece ao atleta instruções de treino.

Essas instruções são transmitidas para um aplicativo instalado no smartphone do ciclista.

Além das informações que constam na tela do aplicativo, é possível receber as orientações do treino, alertas de sobrecarga, postura incorreta, entre outras informações, por áudio (em inglês), em uma voz “amigável, porém firme”, típica de treinadores. Confira no vídeo abaixo:

Após o treinamento, é possível analisar o trabalho realizada, compará-lo com treinos anteriores e compartilhá-lo nas redes sociais.

Preço elevado – Embora a tecnologia presente na bermuda Myontec MBody seja algo, sem dúvida impressionante, seu alto custo limita sua utilização a poucos atletas profissionais. Atualmente, a bermuda, com os sensores, a unidade de processamento e o aplicativo são vendidos no website da empresa pelo preço de 1.000 dólares.

Atualmente, a Myontec está arrecadando fundos via campanha no site de financiamento coletivo Kickstarter, para aumentar sua produção comercial. Segundo o fabricante, a expectativa é que com isto o preço cais para a metade.

A bermuda MShorts pode ser lavada a máquina e possui versões para ciclistas e para corredores, nos tamanhos XS a XXL.

No Brasil, os produtos Myontec são distribuídos pela Belmar Tecnologia.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização