28 de fevereiro de 2024
Capivaras à beira do Rio Pinheiros - Foto: Shimano / Divulgação

Atletas da Shimano participam de passeio ciclístico pela despoluição do Rio Pinheiros

Em sua quarta edição, Pedal das Capivaras será realizado no dia 19 de outubro, com concentração no Shopping SP Market

O Pedal das Capivaras, passeio ciclístico pela despoluição do Rio Pinheiros, chega à quarta edição com um time reforçado: os atletas do Shimano Sports Team irão contribuir com a causa ambiental. Eles irão pedalar ao lado de ciclistas de todas as idades em prol da melhoria do importante rio que atravessa o estado de São Paulo, no dia 19 de outubro, com concentração no Shopping SP Market, a partir das 8h.

Ciclovia do Rio Pinheiros - Foto: Flavio Doin / Shopping SP Market
Ciclovia do Rio Pinheiros – Foto: Flavio Doin / Shopping SP Market

O Pedal será uma ação conjunta, representada pela hashtag #VivaRioPinheiros, intervenção do artista plástico Eduardo Srur, “As margens do Rio Pinheiros”; pela ocupação “Galeria Rio Pinheiros”, do Coletivo CafeNaRua, e do Pedal das Capivaras, com apoio do Shopping SP Market. O movimento tem objetivo de chamar a atenção da população e do governo para a situação do Pinheiros, que ganha ainda mais fôlego com a participação de atletas de alta performance do ciclismo nacional.

A Ironage/Colner, campeã de 2014 por equipes da maior prova de ciclismo de estrada, o Tour do Rio, estará representada pelos atletas Luis Carlos Amorin, o Luizão, Jean Marcel da Silva, Peterson Tozzi e Joao Marcelo Gaspar, o “Canibal”. Além da equipe, o ultraciclista Claudio Clarindo também garantiu presença. Acostumado a encarar competições de alta resistência, como a Race Across America (RAAM), em que pedala até cinco mil quilômetros em 10 dias ininterruptamente, Clarindo encara o desafio de pedalar os vinte quilômetros do passeio como uma missão ainda mais importante:

“Na RAAM, uma das provas de ciclismo mais duras do mundo, enfrento todos os tipos de clima e relevo nos 5.000 km de percurso. Porém, pedalar pela despoluição do Rio Pinheiros é como competir pelo nosso futuro. Se pudermos contribuir por essa causa tão nobre, certamente pedalaria 10.000 km sem parar para ver esse Rio despoluído”, dispara o paulista.

A euforia de Clarindo tem justificativa. Desde que ganhou a Ciclovia, o Rio Pinheiros foi praticamente redescoberto pelos paulistanos. A via recebe milhares de pessoas por mês, com maior fluxo de ciclistas durante o final de semana. Em 2011, a Shimano lançou o Pedal das Capivaras como um manifesto pacífico com o intuito de que as pessoas pensem na possibilidade de, um dia, pedalarem na ciclovia às margens de um rio limpo e propício à pratica de esportes, com ocupação de sua área pela população e comércio como quiosques e decks para o entretenimento das pessoas.

Inscrições abertas – O evento conta com operação do Clube dos Amigos da Bike (CAB) e terá 20 km de percurso, totalmente plano, com início e término na estação Jurubatuba, em ida e volta até a ponte do Morumbi. Para garantir uma vaga, basta fazer a inscrição clicando aqui, ao custo de 35,00 reais. Cada participante ganha um kit com a camisa oficial do Pedal das Capivaras Shimano, sacola de náilon e brindes dos apoiadores, além de um cupom para concorrer ao sorteio de uma bike Mongoose.

Recomenda-se a participação aos ciclistas que tenham o hábito de pedalar entre uma e duas horas, com algumas paradas breves para reagrupamento. Menores de 12 anos devem estar acompanhados por um responsável. Capacete é de uso obrigatório, enquanto óculos e luvas são acessórios essenciais.

Serviço

4º Pedal das Capivaras Shimano

  • Data: 19/12/2013
  • Horários: concentração às 8h e saída às 9h
  • Endereço: Shopping SP Market (Av. das Nações Unidas, 22540 – Jurubatuba)
  • Local do evento: Ciclovia do Rio Pinheiros
  • Valor: R$ 35,00
  • Inscrições: www.cab.com.br
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização