26 de fevereiro de 2024

Prepare uma deliciosa receita caseira de gel energético natural

Vendido em qualquer loja de suplementos esportivos e até mesmo em farmácias, o gel de carboidrato tem se tornado companheiro inseparável dos praticantes ciclismo de longa distância.

O consumo do suplemento ajuda a recarregar os estoques de energia e melhorar o rendimento na prática do esporte, mas muitas vezes é dispensável ou pode ser substituído por alternativas naturais, como a receita abaixo, feita a partir de tâmaras, café e cacau em pó. Além de poder ser feita em grande quantidade, é muito mais saborosa que muitos produtos vendidos comercialmente. Confira:

Ingredientes

  • 6 tâmaras sem caroço, picadas;
  • 1 colher de sopa de óleo de coco (não refinado)
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 colher de chá de café moído, preferencialmente solúvel
  • 1 Colher de sopa de cacau em pó
  • 1 colher de sopa de hortelã fresca picada

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes em um processador ou liquidificador até que a mistura fique homogênea. Caso a mistura fique muito grossa, acrescente um pouco de água e óleo de coco. Se, ao contrário, ficar muito rala, adicione mais tâmaras.

Transfira a mistura para o seu mini squeeze e guarde no freezer até o momento de levar para a pedalada.

Gel

Informações alimentares

Tâmara – A tâmara possui alto conteúdo de hidratos de carbono simples e complexos (72%), além de ser um alimento muito energético (274 Kcal por 100 gramas de tâmara seca). Por estas características são ideais para aqueles que precisam de muita energia, como crianças e esportistas.

Falando em esportes, as tâmaras são ricas em potássio (790 mg por 100 g de tâmara seca), cobre (0,24 mg), magnésio (65 mg) e cálcio (59 mg).

Além disso, pelo seu conteúdo em açúcares complexos, são metabolizadas pelo organismo de forma demorada. Isto é uma qualidade interessante quando temos que manter um ritmo intenso de esforço físico ou mental por um período longo de tempo (esportes de resistência ou provas de longa duração).

Óleo de coco – Melhor absorvido pelo organismo, principalmente no fígado, uma vez ingerido é rapidamente convertido em energia, não se acumulando em forma de gordura no corpo. É também rico em ácido láurico e ácido cáprico, que possuem a propriedade de modular o sistema imunológico.

Mel – Rico em carboidratos que são convertidos em açúcar rapidamente, o uso do mel aumenta a energia e a disposição. Ainda conta com vitaminas e minerais úteis na saudabilidade do metabolismo como um todo.

Trata-se de uma ótima fonte de carboidrato de rápida absorção, que ajuda a carregar melhor os nutrientes para dentro da musculatura, além e ser fonte de patalinose, um tipo de açúcar que vem sendo estudado com benefícios para controlar resistência à insulina, o que atrapalha o ganho de massa e a definição muscular.

Café – A cafeína e outras substâncias presentes no café aumentam o rendimento e possuem efeito termogênico, ajudando na queima da gordura corporal.

Com o café, os praticantes de esportes ganham uma atenção mental mais apurada, além de melhoras no desempenho, tempo de reação e processamento visual, já que a cafeína é responsável por liberar endorfina no cérebro, hormônio responsável pela sensação de prazer e bem-estar – o que faz com que o atleta siga adiante, mesmo cansado.

Cacau em pó – O cacau em pó é feito com a amêndoa de cacau moída sem a manteiga. Diferentemente do chocolate em pó, não possui açúcar em sua formulação. Ajuda a diminuir a sensação de fome e é rico em triptofano, um aminoácido que atua na ativação da serotonina, neurotransmissor cerebral que regula nossa sensação de bem estar.

Hortelã – Planta medicinal rica em minerais como cálcio, ferro, fósforo, potássio e nas vitaminas A, B e C, a hortelã possui ainda ação antitússica, mucolítica, expectorante e descongestionante das vias respiratórias.

Receita e fotos originalmente publicadas no website Total Women’s Cycling

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização