22 de fevereiro de 2024
Ciclistas na Ponte JK, em Brasília - Foto: Divulgação / Rodas da Paz

Brasília espera mais de cinco mil ciclistas em passeio pela gentileza no trânsito

Circuito, organizado pela ONG Rodas da Paz, passará pelos principais pontos da capital do país e será realizado no próximo domingo (10)

Ciclistas na Ponte JK, em Brasília - Foto: Divulgação / Rodas da Paz
Ciclistas na Ponte JK, em Brasília – Foto: Divulgação / Rodas da Paz

O movimento começou tímido. Há 12 anos, aproximadamente 500 ciclistas se reuniram pela primeira vez em Brasília (DF) para um passeio que queria chamar a atenção para os benefícios de se utilizar a bicicleta nos deslocamentos e para a necessidade de ações nesta área. Em 2014, o evento deve atingir adesão recorde: a Rodas da Paz, ONG responsável pela organização da atividade, espera cinco mil pessoas no próximo domingo (10).

Guiados pelo tema Bicicleta Gera Gentileza, os ciclistas percorrerão trajetos de 5 km a 15 km pedindo medidas e mudanças de comportamento que estimulem a opção por esse meio de transporte, tornando o trânsito melhor e mais seguro. “A luta é pela transformação da cidade, por tornar o trânsito mais pacífico. Queremos mostrar que quanto mais bicicletas em circulação, melhor será o trânsito na cidade. É uma forma de conscientização e de plantar uma mensagem de respeito e de gentileza”, diz o presidente da organização, Jonas Bertucci.

A concentração terá início às 8h, no Museu Nacional, localizado na região central de Brasília. O percurso passa por alguns dos pontos mais importantes da capital do país: Esplanada dos Ministérios, Praça dos Três Poderes até a Ponte JK, no Lago Paranoá.

Neste ano, o evento terá novidades: além do passeio Rodinhas da Paz, com percurso de 5 km, haverá um espaço para troca de livros, palhaços com brincadeiras para as crianças e poetas brasilienses declamarão poesias.

Além disso, o evento pede a implantação de projetos de ciclovias que viabilizem os deslocamentos diários no Distrito Federal. Para a organização, apesar da construção de 433 km de ciclovias, as estruturas ainda não permitem que a maior parte da população utilize bicicletas para se locomover, especialmente em vias de alta velocidade que ligam o centro de Brasília a outras regiões administrativas do DF.

Em um ano, 11 ciclistas perderam a vida em acidentes no Distrito Federal. Quatro casos ocorreram somente no último mês. Mas não são os dados negativos que devem pautar a mobilização. Enquanto a luta é pela paz, “a ideia do passeio é ser mais positivo e propositivo”, explica o presidente da Rodas da Paz. “Queremos incentivar que os brasilienses utilizem as bicicletas mesmo no dia a dia. Afinal, mais bicicletas nas ruas significa mais saúde, mais segurança e trânsito melhor”, complementa Jonas.

As inscrições podem ser feitas pelo site da entidade e são gratuitas.

Fonte: Agência CNT de Notícias, por Natália Pianegonda

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização