1 de março de 2024

Organização prevê 2ª etapa árdua no Shimano Brasil Enduro Series

Lago em um dos trechos da prova - Foto: Jonatha Jünge / Shimano BES
Lago em um dos trechos da prova – Foto: Jonatha Jünge / Shimano BES

Atletas de MTB Enduro terão pela frente, nos dias 9 e 10 de agosto, um circuito inédito na cidade mais fria do País, com trechos sinuosos e subidas íngremes

Os inscritos para a segunda etapa do Shimano Brasil Enduro Series, nos dias 9 e 10 de agosto, em Urubici (SC), podem se preparar. Além da expectativa da prova ser realizada no inverno, na cidade considerada a mais fria do País, a organização do Shimano BES revela que as trilhas serão extremamente exigentes com os atletas. Subidas íngremes e trechos sinuosos são constantes na etapa catarinense. Na madrugada do último dia 25, houve registro de neve em Urubici.

O percurso acidentado, comum às provas de MTB Enduro do mundo, contará com três deslocamentos (D1, D2 e D3) e outras três especiais (cronometradas), estágios que definem o tempo final de cada atleta: E1, E2 e E3. Oa maiores desafios estarão nos trechos não cronometrados. O D1 com 6,4 km de extensão, o D2 contará com 7 km e o D3, 8,90 Km, os três com elevações máximas entre 418 e 423 metros.

“Os deslocamentos estão pesados. No D1, os atletas irão pegar um pouco de asfalto e entrar em estrada de chão. Nos três deslocamentos eles atingirão cerca de 1.300 metros em relação ao nível do mar. Vai ficar bem difícil para quem não estiver com as pernas em dia. Os deslocamentos 2 e 3 seguem o mesmo ritmo. A minha sugestão aos atletas é que estejam com duas coroas no pedivela. Quem estiver com apenas uma, vai sofrer ou ter de empurrar a bike em certos momentos”, orienta o catarinense Daniel Bender, um dos organizadores da prova.

Organizador catarinense do Shimano BES, Daniel Bender - Foto: Jonatha Jünge / Shimano BES
Organizador catarinense do Shimano BES, Daniel Bender – Foto: Jonatha Jünge / Shimano BES

Estágios Cronometrados – Nas etapas especiais, os trajetos são menores: E1 com 3,3 km; E2, 2,1 km e E3, 2,3 km. Em teoria é o trecho onde os atletas “descansam”. Mas a prática não é essa porque as descidas são muito técnicas e exigem 100% de concentração do piloto. “As especias são virgens literalmente. Nunca ninguém andou de bike por elas. São trilhas novas, feitas especialmente para o Shimano BES. O Estágio 1 tem um pequena subida no começo, depois passa por um single track com algumas pedras até chegar em uma belo pasto onde os atletas encontrarão algumas curvas em off camber (curva inclinada) e mais um pouco de pedal. O final da Especial 1 é lindo. O visual é alucinante”, descreve Bender.

“O Estágio 2 segue a mesma pegada. Largada rápida e mais single track. Os atletas irão pegar um rock garden (trecho com pedras) grande que será o ponto mais difícil dos três estágios. O Estágio 3 será o melhor na minha opinião. O atleta vai encontrar uma trilhas em meio a plantação de pinus (espécie de eucalipto) um rock garden no começo e a chegada em um pasto em alta velocidade. As especiais foram muito bem traçadas, com dificuldade média. Neste primeiro ano do campeonato, a ideia é de que os participantes se familiarizem com a modalidade”.

A prova será disputada no segundo fim de semana do mês de agosto (dia dos Pais), mas o trabalho da organização já começou há alguns meses. “Nosso trabalho de reconhecimento em Urubici inciou-se em abril. Mapeamos as trilhas pela internet e fomos garimpar os locais. Achamos as melhores trilhas e conversamos com os proprietários dos terrenos. Após a liberação, começamos os trabalhos de abertura. Os estágios da segunda etapa estão virgens para as bicicletas. Garanto que os atletas irão gostar”, afirma Daniel Bender.

Por fim, para quem participou da abertura em Itaipava (RJ), Bender avalia as principais diferenças. “As trilhas de Itaipava têm alguns anos de existência e são constantemente utilizadas pela galera da bike e da moto. Em Urubici o terreno é mais solto. Teremos vários pontos de grama, o que também vai dificultar devido ao clima úmido e com possibilidade de geada para o domingo (10). Tenho certeza de que todos sairão satisfeitos ao término da competição”, deseja.

O Shimano Brasil Enduro Series conta com patrocínio master da Shimano, empresa líder mundial no mercado peças e componentes para bicicletas. Nesta etapa de Urubici, a Shimano também repetirá o serviço de Suporte Neutro mecânico a todos os competidores, independente da marca de bicicleta, componentes ou equipe que pertençam.

Programação do Shimano BES em Urubici (SC):

Sexta-feira – 08 de Agosto

  • 15h às 18h – Retirada do KIT Atleta

Sábado – 09 de Agosto

  • 09h às 15h – Retirada do KIT Atleta
  • 10h às 16h – Treinos liberados para todas as especiais
  • 16h às 18h45 – Lacre da bikes
  • 19h às 19h30 – Congresso Técnico

Domingo – 10 de Agosto

  • 7h15 – Chamada para largada
  • 07h30 – Largada Deslocamento 1 ( D1)
  • 16h – Premiação Geral do Evento

*Cada atleta terá os horários de largada individuais e pré-estabelecidos que serão informados no sábado.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização