18 de abril de 2024

Commencal atualiza sua bike de Enduro com novo sistema de suspensão traseira

Fotos: PinkBike
Fotos: PinkBike

Apesar de pouco conhecida no Brasil, a marca andorriana Commencal possui uma longa tradição no Mountain Bike. Grandes atletas considerados expoentes do MTB, como Rémy Absalon, Anne-Caroline Chausson, Cédric Gracia e os irmãos Atherton foram revelados – e venceram – a bordo de bicicletas Cammencal.

A empresa baseada no Principado de Andorra, um pequeno país espremido entre a França e a Espanha, caracteriza-se pelo aprimoramento constante dos modelos de suas bicicletas, não limitando-se à mudanças puramente cosméticas ano a ano.

Um bom exemplo é sua linha Meta, voltada para o seguimento de All Mountain / Enduro. Lançado em 2005, o modelo está em sua quarta geração, cada uma com um sistema de suspensão traseira diferente, prova que a marca não teme evoluir através do experimento constante.

A evolução dos quadros da Commencal Meta
A evolução dos quadros da Commencal Meta

O novo sistema de suspensão traseira da Meta V4, denominado Contact System, caracteriza-se pelo amortecedor semi-integrado ao tubo superior do quadro, conectado à balança traseira através de um link em forma de “U” que abraça o tubo do selim. O novo sistema, otimizado para rodas 27.5 polegadas, preserva as características de seus predecessor como o baixo centro gravitacional e a sensibilidade a pequenas irregularidades do terreno, aliados a um peso sensivelmente menor.

Preocupação com o meio ambiente – Ao contrário de seus concorrentes que usam e abusam do carbono em seus quadros, a Commencal só utiliza o alumínio na confecção de seus quadros. Segundo Max Commencal, proprietário da marca de mesmo nome, “construir quadros em fibra de carbono com o intuito de reduzir o peso é a parte mais fácil. entretanto, devemos ter em consideração que este material é agressivo ao meio ambiente  e não pode ser reciclado. Creio que o alumínio é muito mais ambientalmente correto e, quando bem trabalhado, resulta em quadros leves e resistentes”.

Devemos considerar que a fibra de carbono é agressiva ao meio ambiente  e não pode ser reciclada

Com o intuito de viabilizar o baixo peso do quadro, sem perder suas características de rigidez e resistência, o quadro da nova Meta V4 foi construído em liga de alumínio com tubagem de espessura variável, mais espesso nas áreas de solda e mais fino no centro.  O tubo superior é construído a partir de três peças soldadas de seção triangular, cuja parte central forjada em forma de berço, acomoda o amortecedor traseiro, que fica sei-embutido em seu interior. Esta configuração permite que as forças aplicadas sobre o amortecedor fiquem alinhadas com a linha central do tubo superior, reduzindo significativamente o estresse do quadro.

Detalhes da produção do quadro da Meta V4. A sessão forjada do tubo superior, que serve de berço para o amortecedor, é claramente visível na foto da esquerda
Detalhes da produção do quadro da Meta V4. A sessão forjada do tubo superior, que serve de berço para o amortecedor, é claramente visível na foto da esquerda

A balança traseira é fixada ao quadro através de um pivô situado logo acima da caixa de centro, faz com que a suspensão seja ativada o mínimo possível pelo movimento das pedaladas e mantenha a roda traseira em contato com o chão por mais tempo. Já os pivôs traseiros foram posicionados o mais próximo possível do eixo das rodas, para manter a suspensão atuante mesmo durante as frenagens.

A nova Commencal Meta V4 terá duas opções de quadros: a Meta Trail, com 120mm de curso de amortecimento e a Meta AM, com 150mm. Ambos os quadros possuem roteamento interno dos cabos de marcha e do canote telescópico de selim, item obrigatório nas bikes “gravitacionais”. Ambas possuem montagem para freios a disco situada na parte interna dos stays (para prevenir danos por choque) e suporte para a instalação de guia de corrente. Quatro tamanhos serão disponibilizados: P, M, G e GG e o peso do quadro é de 2,9kg (versdão Trail) e 3kg (versão AM/Enduro).

Especificações

Meta V4 AM – R

AM

  • Quadro: Aluminum, 150mm travel, META V4 AM
  • Formato de rodas: 27.5″
  • Movimento central: BB92 Pressfit, ISCG 05 tabs
  • Amortecedor dianteiro: RockShox Pike RCT3 Solo Air, 160mm
  • Amortecedor traseiro: RockShox Monarch RT3, 150mm
  • Grupo transmissor: SRAM X1 1×11 speed
  • Rodas: Alpha 27.5: tubeless ready
  • Canote de selim: KS Lev Integra 125mm dropper post
  • Preço sugerido: 3299 €

Meta V4 Trail

Trail

Com um quadro ligeiramente mais leve, geometria mais relaxada e componentes voltados para a prática de XC/Trail ,além da diminuição do curso de suspoensão para 120mm, a Commencal Meta V4 Trail resulta em uma bike completamente diferente da Meta V4 AM.

Este modelo é oferecido em três versões: A Euro Race (foto), com amortecedor dianteiro RockShox SID RCT3 e traseiro RockShox Monarch RT3, utiliza o grupo transmissor SRAM X1. O modelo Euro utiliza amortecedor dianteiro RockShox Reba e traseiro RockShox Monarch RT3, com o grupo SRAM X7/X9 2 x 10 velocidades.

Já o modelo Euro Origin utiliza amortecedor dianteiro X-Fusion Velvet RL2 e traseiro X-Fusion )2 RLX, com grupo SRAM X7 de 2 x 10 velocidades.

Os preços dos modelos são 3.199 € (Euro Race), 2.599  € (Euro) e 1.999 € (Euro Origin).

Vídeo:

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização