24 de abril de 2024
Sistema vai começar a ser implantado em setembro

Prefeitura de Fortaleza irá implantar sistema de compartilhamento de bicicletas

Sistema permite que qualquer pessoa retire uma bicicleta em uma estação e a devolva ao sistema em outra, de forma gratuita, utilizando apenas o Bilhete Único

Sistema vai começar a ser implantado em setembro
Sistema vai começar a ser implantado em setembro

A Prefeitura de Fortaleza começa a implantar em setembro o Sistema de Bicicletas Compartilhadas. Com ele, qualquer pessoa retira uma bicicleta em uma estação e a devolve ao sistema em outra, de forma gratuita, utilizando apenas o Bilhete Único. A cidade do Rio de Janeiro foi a pioneira a adotar o sistema no Brasil em 2008. Os detalhes do projeto foram apresentados na tarde de sexta-feira (25/7), durante reunião de técnicos da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) com ciclista e sociedade civil.

Atualmente, a SCSP prepara edital de chamamento público para a escolha da empresa que implantará o sistema em Fortaleza. “Este primeiro momento é de aprendizagem, de caráter experimental. Vamos criar um modelo que se adapte às necessidades da nossa cidade”, disse o coordenador do Plano de Ações Imediatas em Transporte e Trânsito (Paitt) e secretário em exercício da SCSP, Luis Alberto Sabóia.

O sistema a ser usado em Fortaleza prevê a instalação de 40 a 60 estações com, aproximadamente, 600 bicicletas, usando a integração com o Bilhete Único para garantir a gratuidade do transporte. A primeira hora de uso será gratuita e, a cada hora excedente, será cobrada uma taxa simbólica no valor de R$5,00 para manutenção do sistema.

Os técnicos do Paitt estão buscando inspiração e dados em modelos já usados em cidades como Recife, São Paulo e Rio de Janeiro, e em países como Espanha e França, onde o sistema funciona de forma bastante exitosa.

O engenheiro civil e ciclo-ativista, Felipe Alves, que faz parte da Associação Ciclovida, fundada em março de 2013, acredita que o sistema trará muitos benefícios para Fortaleza. “Esse sistema é mais uma ferramenta da rede Cicloviária e vem para incentivar ainda mais as pessoas a usarem um outro modal como transporte”, afirmou.

Fonte: Prefeitura de Fortaleza

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização