15 de junho de 2024

Após abaixo-assinado, São Paulo ganha bicicletário público modelo

Bicicletário

Projeto foi feito pela SP Urbanismo com participação ativa de cicloativistas. Itaú Unibanco assume a gestão, manutenção e conservação do espaço

Para atender à demanda de um abaixo-assinado com mais de 23 mil assinaturas, a Prefeitura de São Paulo inaugurou esta semana um bicicletário na estação Faria Lima do metrô de São Paulo. O projeto foi feito pela SP Urbanismo com participação ativa de cicloativistas e representa grande avanço para uma melhor mobilidade na região, já que estimula o transporte modal (bicicleta – metrô) e integra uma ciclovia plana de 37 km (planejados) com a linha amarela do metrô, no eixo oeste-sul da cidade.

Nesta segunda-feira, a subprefeitura de Pinheiros entregou ao Itaú Unibanco as chaves do bicicletário que, como parceiro da iniciativa, realizará algumas obras e mobiliará e caracterizará o espaço. O Termo de Cooperação prevê a entrega do bicicletário em até 30 dias úteis após a entrega das chaves ao Itaú Unibanco, a expectativa é que até o final de julho, o bicicletário já inicie funcionamento.

A operação estará a cargo da Compartibike, que fará a gestão, manutenção e conservação do espaço. O bicicletário funcionará 24 horas e terá 102 vagas verticais disponíveis e, por isso, o espaço sempre terá manobristas que serão responsáveis pelo manuseio das bikes. No momento em que entregar a bicicleta para guarda, o ciclista receberá uma chave do cadeado da vaga em que sua bicicleta ficará estacionada e que servirá como comprovante de estacionamento para retirada posterior da bike.

Para auxiliar ainda os ciclistas da região, foi desenvolvido um mapa cicloviário que mostra estabelecimentos bike friendly da região como oficinas, lanchonetes, cafés e livrarias, demais bicicletários, estações Bike Sampa, terminais de ônibus, estações de metrô e CPTM e indica ciclovias e ciclorrotas. Além disso, no local haverá uma estação de manutenção em que o próprio ciclista poderá fazer ajustes básicos em sua bicicleta.

Confira mais informações:

  • Serviço gratuito;
  • Permitida utilização do bicicletário somente por pessoas previamente cadastradas;
  • Somente poderão se cadastrar para utilizar o bicicletário pessoas físicas maiores de 16 anos;
  • Para efetuar o cadastro é necessária apresentação de documento de identificação original válido e com foto e CPF;
  • No momento do cadastro, será tirada foto da bicicleta por meio da webcam instalada no balcão de atendimento;
  • Cada usuário poderá guardar até 3 bicicletas simultaneamente no bicicletário;
  • Não há vaga fixa ou pré-determinada. A bicicleta poderá ser estacionada, pelo atendente do bicicletário, em qualquer vaga vertical;
  • O processo de guarda e retirada, assim como o travamento das bicicletas nas vagas sempre será realizado pelo atendente do bicicletário, não tendo o usuário acesso ao espaço em que as bicicletas ficam guardadas;
  • Para retirada da bicicleta é imprescindível à apresentação da chave do cadeado entregue pelo atendente do bicicletário no momento da guarda da bicicleta. Em caso de perda ou extravio da chave do cadeado, a bicicleta só poderá ser retirada após a identificação do usuário, a ser feita através de documento de identidade original com foto e comparação dos dados junto à ficha de cadastro;
  • As chaves reserva dos cadeados não se encontram no bicicletário. Em caso de perda ou extravio, o usuário deverá aguardar a chegada da chave reserva;
  • As bicicletas que permanecerem no bicicletário por mais de 72 horas consecutivas serão remanejadas para outro local, informado pelo atendente, onde ficarão disponíveis por 30 dias para serem retiradas pelo usuário. Caso o usuário não retire sua bicicleta, ao final do prazo de 30 dias, ela poderá ser encaminhada à doação.
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização