25 de maio de 2024

Visiobike, a e-bike que leva a tecnologia ao estado de arte

Com a popularização das novas tecnologias desenvolvidas especificamente para bicicletas, cada vez nos deparamos com modelos de tração eletricamente assistidas (pedelecs) com recursos sofisticados que prometem tornar a experiência da ciclo mobilidade algo cada vez melhor e mais prático.

Embarcando neste conceito, o designer croata Marko Matenda criou a Visiobike, uma e-bike que incorpora o que há de mais moderno neste seguimento. Com o auxílio de um smartphone, é possível não apenas controlar a potência de seu motor, mas também navegar pelas ruas, evitar roubos e furtos e até mesmo controlar o câmbio da bike.

A Visiobike pesa 21kg e é construída a partir de um quadro em fibra de carbono monocoque, que abriga em seu interior uma bateria Panasonic de lítio-íon de14.5 amperes e um motor MDF Drive 5.1 fixado no movimento central.

VisiobikeEste motor, oferecido nas opções de potência de 250 e 500 watts, aumenta a potência das pedaladas, atingindo a velocidade máxima de até 45 km/h, em uma incrível autonomia de até 100km por carga de bateria.

A bateria serve também como fonte de energia para a alimentação do smartphone do usuário, através de uma tomada no guidão da bike.

O controle de todo o sistema eletrônico embarcado é controlado por um aplicativo para smarthphone através da interface Bluetooth. Através dele, é possível selecionar o nível de assistência do motor, checar o nível da bateria e conferir dados como velocidade, quilometragem, distância percorrida etc.

Além disso, é possível utilizar o receptor do GPS do smartphone para a navegação através do Google Maps, monitorar uma utilíssima câmera de ré, instalada embaixo do selim e até destravar a bike por meio de uma senha – sem ela, o sistema elétrico-eletrônico não funciona e a roda traseira fica travada.

O “trabalho” dos ladrões é dificultado também por um sensor de movimento que alerta o usuário via SMS, caso a bike esteja sendo movida. Caso a mesma seja roubada, é possível rastreá-la via GPS.

A segurança não acaba por aí. Caso o ciclista sofra um acidente, o sistema da Visiobike detecta o impacto e automaticamente salva em arquivo os últimos três minutos de filmagem da câmera de ré. O aplicativo entrará em contato com serviços de emergência, caso o usuário não desative-o em 60 segundos.

Para auxiliar nas pedaladas, a Visiobike utiliza o grupo transmissor Nuvinci N360 que, ao contrário dos câmbios convencionais, funciona de maneira contínua, trocando as marchas suavemente (mesmo com a bike parada) sem a intervenção do usuário. Um sensor localizado no pedivela informa o torque ao sistema, que se ajusta automaticamente à cadência preferida do ciclista.

Atualmente, Marko Matenda em processo de arrecadação de fundos para a produção comercial da Visiobike. Para isto, o designer deu início a uma campanha de crowdfunding pelo website Indiegogo. De acordo com ele, o preço das Visiobike deverá ser de 6.100 dólares.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização