22 de junho de 2024

Ultix SAS, o mala bike flexível com a proteção de um hard case

Empresa londrina lança o mala bike mais leve, seguro e compacto do mercado

Uma empresa londrina, a Ultix Outdoors, lançou um novo modelo de case para transporte de bicicletas que promete revolucionar o mercado deste tipo de acessórios. Trata-se do Ultix SAS, um mala bike flexível com um esqueleto tubular e almofadas infláveis que oferece um nível de proteção similar ao proporcionado pelos hard cases, mas com a leveza e a praticidade dos modelos flexíveis.

Ultix SASQuem costuma viajar com a bicicleta sabe dos problemas envolvidos em seu transporte, principalmente em deslocamentos aéreos ou rodoviários. Embora a solução de embalar a bicicleta em caixas de papelão possa ser uma alternativa barata, nem sempre é prática, já que embalagens desse tipo, além de volumosas e difíceis de carregar, não costumam oferecer uma boa dose de proteção às nossas amadas bikes.

A alternativa indicada é utilizar um mala bike que, além de oferecer níveis de proteção superior, é mais cômodo no transporte, já que via de regra, possui alças e rodízios.

Existem basicamente dois tipos de mala bikes, os flexíveis e os hard cases, cada um com suas vantagens e desvantagens:

  Faixa de preço Vantagens Desvantagens
Hard case 1.100 a 2.200 reais
  • Robusto
  • Possui rodas para facilitar o transporte
  • Proteção superior
  • Volumoso
  • Caro
  • Pode quebrar ou rachar
  • Difícil armazenagem quando não em uso
  • Pesado
  • Acolchoamento limitado entre o quadro da bike e as rodas
Mala bike flexível 400 a 1.500 reais
  • Leve
  • Fácil de guardar
  • Fácil de transportar
  • Nível de proteção limidado
  • Instável
  • Não protege as rodas de maneira adequada
  • Caso seja esmagado durante o transporte pode danificar o quadro

Ao contrário do Helium Bike Case, mostrado aqui há cerca de um ano atrás e que utiliza uma estrutura inflável para manter-se armado, o Ultix utiliza almofadas infláveis apenas como proteção extra.

O mala bike Ultix SAS é composto por um corpo flexível em nylon reforçado e impermeabilizado, com uma base rígida (truck), onde o quadro da bike é fixado mediante blocagens e tiras de velcro. Pode ser aberto em Ultix SASambos os lados através de zíperes que podem ser travados mediante cadeados.
Sua estrutura central é composta por varas tubulares (quatro de cada lado e duas na parte superior), que formam uma grade ou esqueleto em torno da bike, protegendo-a contra choques. Esta estrutura é facilmente removível quando não utilizada, facilitando a armazenagem do mala bike quando não em uso.

Lateralmente, a proteção é garantida por duas almofadas infláveis que garantem uma carga máxima de até 100kg cada. Uma bomba a pilha é utilizada para enchê-las. Para uma proteção extra, espumas de alta densidade são aplicadas entre as almofadas de ar e o revestimento do mala bike.

Ultix SASPara facilitar o transporte, o mala bike possui 8 alças distribuídas em todas as laterais, bem como quatro rodinhas semi-embutidas. O peso total é de 9,8kg, podendo cair para 7,5kg caso as almofadas de ar e o esqueleto sejam retirados. Segundo o fabricante, mesmo nessa configuração, o Ultix SAS oferece um nível de proteção superior ao proporcionado pelos mala bikes flexíveis do mercado.

O mala bike Ultix SAS é compatível com bicicletas de estrada e mountain bikes aro 26″, 27.5″ e 29″ de quase todas as modalidades (exceto downhill).

No momento, a Ultix Outdoors está em fase de arrecadação de fundos para a produção comercial mediante o site de crowdfunding Kickstarter. De acordo com a empresa, o mala bike será comercializado pelo preço de 269 libras (cerca de 1.000 reais.

Vídeo:

Veja também:

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização