16 de junho de 2024
Pódio da Elite masculino - Foto: Richard Monterrosa

Brasileiros são destaque no Sul-Americano de BMX

Pódio da Elite masculino - Foto: Richard Monterrosa
Pódio da Elite masculino – Foto: Richard Monterrosa

Pilotos da seleção conseguiram o vice-campeonato na Elite masculina e feminina, além de garantir o ouro na Junior

Mantendo a excelente regularidade alcançada durante o Pan-Americano, disputado na sexta (16), os pilotos da Seleção Brasileira de BMX, voltaram a fazer bonito no sábado, 17, durante as provas do Sul-Americano, também realizado em Quito, no Equador. O destaque do masculino foi Rogerio Reis, terminando com a segunda colocação na Elite.

O Campeonato Sul-Americano foi mais uma grande oportunidade para os brasileiros mostrarem seus talentos contra os principais adversários das Américas. O nível foi elevado, com presença de campeões olímpicos e mundiais, mas nada atrapalhou a determinação dos atletas da seleção. Na prova masculina Rogerio Reis, atual campeão brasileiro, conquistou a medalha de prata em uma disputa apertadíssima contra o colombiano Carlos Oquendo, bronze em Londres 2012. Renato Rezende terminou em quinto lugar.

Na disputa da Elite feminino, a jovem Thaynara Morosini, de apenas 19 anos, travou um duelo espetacular nos metros finais com a campeã olímpica Mariana Pajón e terminou com a medalha de prata. A brasileira Priscilla Carnaval completou o pódio com o bronze, coroando mais uma dobradinha brasileira no Equador. Também participaram do Sul-Americano: Miguel Dixini e Hugo Osteti na Elite masculino, Bianca Quinalha na Elite feminino e Julia Alves na Junior feminino. A comissão técnica foi formada pelos técnicos Guilherme Pussieldi e Daniel Jorge, o mecânico José Carlos Neres e o fisioterapeuta Anderson Sodeyama.

A hegemonia brasileira ficou clara na categoria Junior, onde a seleção estava representada por Anderson Ezequiel. O atleta, após ter vencido o Pan, na sexta, chegou embalado para competir no Sul-Americano e mais uma vez garantiu a medalha de ouro sem maiores problemas. Os brasileiros Leandro Noronha e Lucas Augusto completaram o pódio nesta ordem, colocando a base do BMX brasileiro como destaque em uma das competições mais importantes do calendário internacional.

“Gostei muito do desempenho dos nossos atletas. Participamos de todos os pódios das categorias principais e isso é fantástico. O objetivo é continuarmos o trabalho forte que vem sendo realizado pela CBC até o final da temporada, sempre buscando pontuar para o ranking internacional que será o critério de classificação para Rio 2016”, declarou Guilherme Pussieldi, técnico da Seleção Brasileira de BMX.

Os pilotos da seleção retornam para o Brasil nesta segunda (19) e seguem treinando para disputar a terceira etapa da Copa do Mundo de Supercross, que acontece entre os dias 13 e 14 de junho, em Berlin, na Alemanha.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização