23 de junho de 2024
Chegada da segunda etapa - Foto: Ivan Storti/CBC

Colombiano Oscar Sanches é o novo líder da Volta Ciclística do RS

Chegada da segunda etapa - Foto: Ivan Storti/CBC
Chegada da segunda etapa – Foto: Ivan Storti/CBC

Brasileiro Otávio Bulgarelli terminou na segunda colocação. Gregolry Panizo é o vice-líder geral a 6 segundos do primeiro colocado

A equipe brasileira Funvic/BrasilInvest dominou completamente a segunda etapa da Volta Ciclística Internacional de Porto Alegre realizada nesta quinta, 10 de abril, entre as cidades de Torres e Cambará do Sul. O grande campeão da etapa foi o colombiano Oscar Sanchez, recém-contratado pela equipe Funvic para reforçar o time na temporada 2014.

O percurso de 141 km surpreendeu os ciclistas pela diversidade apresentada. Assim como na primeira etapa, as equipes mais uma vez aceleraram o ritmo ainda nos primeiros quilômetros. O venezuelano Victor Moreno (Seleção da Venezuela) foi o primeiro protagonista do dia abrindo mais de 5 minutos sobre o grupo principal. Rapidamente as equipes brasileiras Funvic/BrasilInvest e Dataro/Bottecchia se revezaram na liderança do pelotão e alcançaram Moreno, abrindo uma nova disputa entre seis ciclistas, sendo quatro deles da equipe Funvic/BrasilInvest.

Os atletas Otavio Bulgarelli, Oscar Sanches, André Almeida e Juan Tamayo assumiram a ponta do grupo principal e protagonizaram um excelente trabalho em equipe. Oscar Sanchez venceu a etapa e também assumiu a liderança geral individual e por pontos da competição, enquanto Bulgarelli concluiu na segunda posição e se converteu no novo líder geral de montanha.

“Foi uma etapa dura, que selecionou o pelotão em vários grupos. A tática adotada pela equipe deu muito certo. Primeiro saímos com dois atletas para alcançar os primeiros colocados e, logo depois, arriscamos lançar mais dois atletas para aumentar as chances de vitória e acabou dando certo. Esperamos conseguir defender a classificação geral individual e por equipes. Estamos com um grupo muito forte onde vários atletas tem chances de lutar pelo título”, declarou Oscar Sanches.

Gregolry Panizo que defende a equipe paranaense Dataro/Bottecchia conquistou a terceira colocação na etapa e subiu várias posições na classificação geral, ocupando agora a vice-liderança geral a apenas 6 segundos do líder. Otávio Bulgarelli é o terceiro colocado geral a 23 segundos.

A terceira etapa da competição será realizada nesta sexta-feira, 11 de abril, entre as cidades de Cambará do Sul e Bento Gonçalves. O percurso de 177,4 km será composto por uma meta volante e três prêmios de montanha (classe 1, 2 e 3).

A Volta Ciclística Internacional do Rio Grande do Sul é uma organização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Gaucha de Ciclismo (FGC), com supervisão da União Ciclística Internacional (UCI) e patrocínio da Caixa Econômica Federal. Todas as informações do evento estão disponíveis no hotsite oficial

Programação:

  • 3ª Etapa (11/04) – Cambará do Sul / Bento Gonçalves – 177,4 km
  • 4ª Etapa (12/04) – Bento Gonçalves / Nova Petrópolis – 97 km
  • 5ª Etapa (13/04) – Nova Petrópolis / Nova Petrópolis – 195,5 km

Resultados:

Classificação da segunda etapa

  1. Oscar Sanchez (Funvic/BrasilInvest) – 3h34min23s
  2.  Otávio Bulgarelli (Funvic/BrasilInvest) – mt
  3. Gregolry Panizo (Dataro/Bottecchia) – mt
  4. André Almeida (Funvic/BrasilInvest) – mt
  5. Victor Nino (Start – Trigon Cycling Team) – mt

Classificação geral após a segunda etapa

  1. Oscar Sanches (Funvic/BrasilInvest) – 7h53min24s
  2. Gregolry Panizo (Dataro/Bottecchia) – a 6s
  3. Otavio Bulgarelli (Funvic/BrasilInvest) – a 23s
  4. Juan Tamayo (Funvic/BrasilInvest) – a 29s
  5. José Rodriguez (Clos de Pirque/Trek) – a 31s

Classificação por pontos após a segunda etapa:

  1. Oscar Sanches (Funvic/BrasilInvest) – 10 pontos
  2. Cristian Clavero (Ironage/Colner) – 10 pontos
  3. Michel Fernandez (São Francisco Saúde/Ribeirão Preto) – 7 pontos

Classificação geral de montanha após a segunda etapa:

  1. Otavio Bulgarelli (Funvic/BrasilInvest) – 18 pontos
  2. Victor Nino (Start/Trigon Cycling Team) – 14 pontos
  3. Victor Moreno (Seleção da Venezuela) – 8 pontos

Classificação geral Sub-23 após a segunda etapa:

  1. José Luis (Clos de Pirque) – 7h53min55s
  2. André Almeida (Funvic/BrasilInvest) – a 1min08s
  3. Carlos Henrique (Start/Trigon Cycling Team) – a 9min51s

Classificação por equipes após a primeira etapa:

  1. Funvic/BrasilInvest – 23h41min01s
  2. Dataro/Bottecchia – 23h45min27s
  3. Ironage/Colner – 23h48min15s

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização