21 de fevereiro de 2024

RockShox lança oficialmente a suspensão “invertida” RS-1

RockShox RS-1

Após um mês divulgando imagens de seu novo amortecedor, a marca norte-americana RockShox lançou oficialmente hoje a RS-1. Trata-se, como já havíamos divulgado por aqui, de um amortecedor dianteiro, voltado para o mountain bike cross-country que utiliza o conceito de amortecimento upside-down, ao contrário dos sistemas convencionais.

Em fase de desenvolvimento há pelo menos três anos, resultando em um produto com características únicas de rigidez torcional e leveza, graças em grande parte aos recentes avanços tenológicos da construção em fibra de carbono.

Com o intuito de manter sua rigidez estrutural, a nova RS-1 foi projetada para ser utilizada em conjunto com um novo cubo denominado Torque Tube Hub, que utiliza um monstruoso eixo de 27mm de diâmetro, mantido em seu lugar através de uma blocagem do tipo QR15. O resultado é um garfo muito mais rígido que seus concorrentes e pesando apenas 1,666 kg. Comparativamente, apenas 55 gramas mas pesado que a SID World Cup.

RS-1

Definitivamente, a RockShox não seguiu as regras básicas para a construção de sua nova suspensão. A espiga e a coroa da nova RS-1 foram construídas em uma única peça de carbono, coladas às pernas, também em fibra de carbono. Pouquíssimo alumínio foi utilizado em sua parte externa, onde destacam-se o sistema de trava – acionado hidraulicamente por uma alavanca presa ao guidão da bicicleta -, e a válvula de ar.

Abaixo do chassis, canelas com 32mm de diâmetro na cor preta deslizam sem esforço através dos retentores que ficam imersos constantemente em banho de óleo.

CuboCubo proprietário – A má notícia para os pretensos compradores da RS-1 é que o cubo Torque Tube Hub é parte integrante do novo amortecedor da RockShox. Isto sem dúvidas trará problemas de compatibilidade com a grande maioria das rodas vendidas atualmente no mercado. Para piorar, nem a RockShox nem a SRAM pretendem licenciar para terceiros a tecnologia utilizada no novo cubo. Até o presente momento, somente a SRAM e a DT Swiss fabricarão rodas compatíveis com a RS-1, embora a SRAM comercializará o cubo em separado para montagens em rodas customizadas, nas versões com 28 e 32 furos. 

Até o presente momento, a nova RS-1 será oferecida apenas na versão para bicicletas com rodas 29 polegadas, podendo ter seu curso de amortecimento ajustável (internamente) para 80, 100 ou 120 milímetros. De acordo com o fabricante, o custo da RS-1 nos Estados Unidos será de 1.865 dólares.

RS-1Especificações:

  • Utilização: XC racing/XC-trail
  • Chassis: Invertido, em um única peça em fibra de carbono, com canelas com o diâmetro de 32mm
  • Espiga: em fibra de carbono
  • Sistema de amortecimento: Por ar, ajustável
  • Curso: 80, 100 ou 120mm
  • Damper: Cartucho interno a óleo
  • Trava: XLoc (com acionamento remoto hidráulico)
  • Ajustes externos: Retorno e pré-carga
  • Diâmetro de rodas: 29”, com cubo proprietário Torque Tube Hub.
  • Opções de rodas: SRAM Rise XX, Rise 60, Roam 50, DT Swiss – TBD (com opção de venda do cubo separadamente)
  • Eixo do cubo: Predictive Steering, 27mm Torque Tube
  • Peso declarado: 1.666kg
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização