12 de junho de 2024

Estudo sugere que comer peixe melhora o rendimento do ciclista

O pescado é uma alternativa à carne vermelha que, além de saudável é também uma boa fonte de proteína na dieta do ciclista. A carne de peixa contém a metade das calorias por 100g em comparação a mesma quantidade de carne vermelha ou frango, além de possuir níveis mais baixos de gordura saturada.

O peixe também é uma fonte riquíssima de ácidos graxos Omega-3, que são benéficos para a saúde do coração, reduzindo o colesterol ruim e baixando os níveis de pressão arterial. Além disso, estes ácidos ajudam a melhorar as funções cerebrais e psicológicas do nosso corpo.

A carne de pescado é particularmente rica em ácidos graxos EPA e DHA, que são duas formas de gorduras essenciais para o organismo. O Omega-3 contido no óleo de pescado pode reduzir significativamente as inflamações e aliviar a dor de nosso organismo, sendo recomendada sua ingestão para os praticantes de esportes como o ciclismo durante o tratamento de  lesões. Além disso, durante a prática esportiva e no treinamento de resistência sobre a bicicleta, as fibras musculares rompem-se e o organismo se estressa. Os ácidos Omega-3 penetram nas células musculares para ajudar a prevenir o dano e regenerar os tecidos.

De fato, um estudo realizado em 2008 e publicado no Journal of Cardiovascular Pharmacology revelou o impacto que o consumo de carne de peixe tem para o treinamento de resistência dos atletas. “estudamos ciclistas profissionais que se alimentaram com uma dieta que incluiu azeite de oliva e óleo de pescado Omega-3 durante um período de oito semanas e constatamos que a dieta proporcionou uma melhora significativa no rendimento. Além de necessitarem de menos oxigênio, conseguiram ainda manter uma frequência cardíaca mais baixa durante toda os testes.”.

O consumo de carne de pescado também é benéfico a nossa dieta do dia a dia graças a sua proteína magra e o baixo índice de gorduras, que auxilia a manter um peso saudável sem deixar de oferecer o combustível necessário para a musculatura do corpo. As variedades de peixes que contém ossos ou espinhas pequenas também proporcionam calcio e vitamina D, que são essenciais para manter uma boa saúde dos ossos.

Para se obter o máximo beneficio no consumo da carne de pescado, devemos incluir também uma boa dose de hidratos de carbono e verduras. Desta maneira, conseguiremos um equilíbrio adequado em nossa alimentação.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização