12 de junho de 2024

Specialized expande o conceito SWAT para o vestuário de ciclismo

Specialized SWATO conceito SWAT (Storage, Water, Air and Tools), lançado pela Specialized no ano passado, foi levado pela marca norte-americana para seu catálogo de vestuário.

Desenvolvido especificamente para os mountain bikers que não gostam de utilizar mochilas de hidratação devido ao peso e ao desconforto causado pelo suor acumulado entre a mochila e as costas do ciclista, a nova linha de vestuário Specialized SWAT é composta por um bretelle, dois modelos de bermuda (uma feminina e outra masculina) e um colete, todas desenvolvidas para serem utilizadas por baixo das roupas de ciclismo convencionais.

Este novo conceito de vestuário foi concebido graças ao feedback de atletas da equipe profissional de mountain bike da marca, que reclamavam da necessidade de se levar as pesadas e incômodas mochilas para trilhas de longa duração. Tendo isto em mente, a equipe de desenvolvimento de produtos da Specialized procurou novas maneiras de se transportar itens essenciais em uma trilha como água, ferramentas e alimentação sem a necessidade de ter que contar com mochilas e pochetes.

Segundo a Specialized, a melhor maneira de se transportar estes itens de forma prática é próximo ao corpo do atleta, o que facilita sua utilização e reduzindo o desconfortável balanço de itens normalmente soltos dentro de mochilas.

Para poder ser utilizado por baixo de roupas convencionais, toda a linha de vestuário SWAT utiliza tecidos de altíssima respirabilidade com a tecnologia VaporRize™, que permite a circulação de ar e a rápida evaporação do suor. Seus bolsos possuem grande poder de elasticidade, o que permite a armazenagem de itens que normalmente seriam transportados em mochilas, pochetes ou no quadro da bike.

Bretelle Specialized SWATTanto o bretelle quanto as bermudas utilizam forro com a tecnologia proprietária Body Geometry™, o que garante o conforto e permite a utilização de bermudas convencionais, sem forro, por cima destas.

As bermudas possuem dois bolsos laterais nas pernas para guardar pequenos itens como barra de cereal, canivete de ferramentas e dinheiro. Já o bretelle, além destes bolsos, possui outros três nas costas, para armazenar itens mais volumosos como garrafas de água.

Para aqueles que preferem uma alternativa ao uso de bretelle, a linha SWAT possui também um modelo de colete, com três grandes bolsos traseiros e um prendedor para transporte de bomba de ar.

Vídeo:

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização