21 de fevereiro de 2024

Ladrões levam as bicicletas de Peter Sagan e Ivan Basso

Ladrões levaram as bicicletas de Peter Sagan e Ivan Basso
Ladrões levaram as bicicletas de Peter Sagan e Ivan Basso

A equipe Cannondale Pro Cycling acaba de fazer parte das estatísticas que indicam o aumento no número de roubos de bicicletas e componentes na Europa. Na madrugada do desta quinta-feira (12) a equipe foi vítima de ladrões que invadiram a sede da equipe  e levaram quadros e componentes, além das bicicletas utilizadas pelos ciclistas Peter Sagan e Ivan Basso. De acordo com o jornal italiano Messagero Veneto, o prejuízo da equipe com o roubo é estimado em cerca de 100 mil euros (cerca de 328 mil reais), mas pode ser ainda maior.

O roubo ocorreu na pequena cidade de Sesto al Reghena, localizada a cerca de 70km ao noroeste de Veneza, Itália. Segundo o Messagero Veneto, a equipe está atualmente preparando um inventário de itens desaparecidos para calcular o real valor do prejuízo e poder colaborar com a investigação iniciada pela polícia.

Frequência – O roubo à sede da equipe Cannondale reforça a constatação sobre o aumento desta modalidade especializada de roubo na Europa. Há menos de três meses atrás, a equipe Lampre-Merida teve suas bicicletas roubadas, também sem sua sede. Entre as demais vítimas, estão as equipes de ciclismo da Rússia e da Dinamarca e as equipes Europcar e Katusha entre outras.

Veja também:

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização