12 de junho de 2024

Confira os destaques de 2013 do site MTB Brasília

Este mês, o MTB Brasília está completando um ano de existência. Para comemorar, confira abaixo os artigos e notícias mais acessados em 2013:

Removendo o “tártaro”

Limpa correnteA sessão Dicas e Truques é uma das mais acessadas em nosso site. Nela, todas as semanas são publicados macetes por mais bizarros e curiosos que possam parecer funcionam de verdade, facilitando a vida do ciclista, seja ele profissional ou não.

Dentre todas as postagens, a de maior sucesso sem dúvida foi a que ensina a fazer uma prática escova para limpar correntes feita com duas escovas de dentes velhas ligadas entre si por um pedaço de câmara de ar velha.

Ao passar a corrente entre as duas escovas conseguimos um efeito “lavagem americana de carros”, graças às cerdas das escovas, que penetram com facilidade em cada canto dos elos da corrente, retirando da mesma qualquer resíduo de sujeira.

Isotônico natureba

IsotônicoTodo praticante de atividades físicas sabe a importância de manter uma hidratação adequada. Com a transpiração perdemos não apenas água, mas também sais minerais, que precisam ser repostos.

Uma opção mais barata, prática e saudável à compra de bebidas isotônicas industrializadas (que muitas vezes leva açúcar em sua composição) é fazermos nós mesmos uma deliciosa bebida isotônica caseira.

Esta receita te ajudará a repor os sais minerais e outros elementos que seu corpo perde quando realiza esforço físico de uma maneira muito mais rápida do que ingerindo apenas água durante a atividade física.

As rodas 26″ não morreram!

PendrelEm um ano em que vários dos grandes fabricantes de bicicleta decretaram a “morte” do formato 26 polegadas, deixando de produzi-las em prol dos formatos 29″ e 27.5″, pode parecer algo como nadar contra a correnteza a declaração da campeã olímpica Catherine Pendrel, um dos maiores nomes do ciclismo mundial em XC.

“Para mim, o mais importante é ter uma bicicleta que se adapte às minhas condições de pilotagem da melhor maneira possível. E isto minha bicicleta aro 26′ faz muito bem”.

Preferências a parte, a disputa pela preferência entre formatos de roda está longe de terminar, já que atualmente são levados em consideração não apenas os aspectos técnicos, mas também o emocional.

Martyn Ashton e seus amigos em Road Bike Party 2

Road Bike Part 2Nesta sequência do incrível vídeo Road Bike Party, lançado em 2012, a estrela do bike trial Martyn Ashton faz manobras incríveis em uma bike de estrada similar às utilizadas em provas como o Tour de France, submetendo-a todo tipo de “tortura” em manobras que até então eram consideradas impossíveis de serem realizadas neste tipo de bicicleta.

Road Bike Party 2 chega ao público menos de três meses após Ashton sofrer um gravíssimo acidente, que lhe causou danos na espinha após uma queda durante uma apresentação no mesmo período em que estava produzindo o vídeo. Como consequência, Ashton convidou seus amigos Chris AkriggDanny Macaskill para ajudar a finalizar o vídeo.

Dizer que a técnica de Ashton, Akrigg e Macaskill é incrível seria dizer pouco. E esta não é nossa opinião apenas. Até o momento o vídeo foi assistido nada menos que 7.157.523 vezes. E continua bombando, merecidamente…

Pra ficar fortão

TreinamentoMesmo que você não seja um ciclista profissional, com certeza não vai gostar de ficar para trás de todo mundo durante aquela trilha maravilhosa de fim de semana. Já que é assim, nada melhor do que botar a mão na massa (ou melhor, na bike) e começar a treinar. Afinal, no pain, no gain

Neste artigo são abordados treinamentos específicos para aprimorar três aspectos físicos do ciclista: resistência, força e musculatura.

Gostou da dica? Então aproveite e confira nossa sessão de artigos sobre treinamento clicando aqui. Lá você encontrará dicas sobre técnicas de transposição de obstáculos, pós-treino, recuperação etc. Confira!

Rodas da Guerra

RodasNovamente, a polêmica sobre formato de rodas para bicicletas mountain bike.

Neste artigo, são abordados aspectos determinantes sobre as vantagens e desvantagens dos aros 26, 27.5 e 29 polegadas como peso, eficiência, controle e rigidez das rodas.

O artigo possui gráficos auto-explicativos que comparam o peso estático da roda, ângulo de ataque, raio de aceleração, contato com o solo e rigidez lateral.

Para finalizar, explicamos que a geometria do quadro está condicionada ao tamanho da roda, razão porque não é recomendada a adaptação de quadros para outro formato de aro que não seja nativamente seu.

Made in somewhere

FábricaMinha Specialized é feita nos Estados Unidos certo? Erradíssimo!

Com aspectos como a globalização, crise econômica e até a posição geograficamente estratégica, cada vez mais fabricantes de bicicletas de todo o mundo optam por produzir suas bikes no extremo oriente, mais precisamente em Taiwan, ou em países onde a mão de obra é mais barata, como no Leste Europeu e brevemente, segundo afirmam, no Brasil.

Mesmo marcas europeias tradicionais como Pinarello, Bianchi e Eddy Merckx terceirizam a fabricação de quadros que são muitas vezes pintados e montados em seus países de origem.

Como limpar e higienizar seu Camelbak

Camelbak

 

Como todo reservatório de água, a mochila de hidratação precisa passar periodicamente por um processo de limpeza e higienização. Saiba como fazê-lo de forma rápida e eficaz nesta Dica da Semana.

Este truque incrível, demonstrado em vídeo por Sanner de Oliveira, da Vertical Adventures, ensina a fazer uma limpeza eficiente da mangueira de sua mochila de hidratação com uma técnica utilizada por militares para limpar canos de armas de fogo.

Após a limpeza geral, é recomendada a higienização do refil utilizando uma solução de água e bicarbonato de sódio, que o deixará limpinho e inodoro como novo em folha.

A compra da Caloi

CaloiA notícia da compra da marca brasileira pelo grupo proprietário das marcas Cannondale, GT, Mongoose e Sugoi, entre outras, deixou em êxtase metade dos ciclistas brasileiros, que sonham com uma possível e substancial redução de preços de bicicletas das marcas acima citadas.

Já a outra metade ficou apreensiva com uma possível perda de qualidade dessas marcas, já apelidadas jocosamente de “Caloidale”, em referência à marca Cannondale.

Segundo a Dorel, a compra da participação majoritária foi fechada com base em um “múltiplo de um dígito alto sobre o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda)”. A empresa não divulgou estes valores.

Graças a este negócio milionário não foi surpresa a declaração de Eduardo Musa, presidente da Caloi, durante a exposição Brasil Cycle Fair, posicionando-se contra a redução do IPI para bicicletas importadas, o que certamente se traduzirá em prejuízos para o grupo caso se concretize.

Corrente da Liberdade

RéguaProvavelmente a corrente é a peça mais importante no grupo transmissor de uma bicicleta. Você pode andar sem câmbio, com apenas um pinhão do cassete ou com apenas uma coroa. Mas andar sem a corrente é impossível!

Via de regra, as correntes de bicicletas devem ser trocadas a cada 2.000km (no caso de bikes de estradas ou urbasnas) ou 1.500km (nas mountain bikes). Obviamente, trata-se de uma medida empírica, pois irá depender também de fatores como terrenos, estilo de pilotagem, umidade, qualidade da lubrificação etc.

Nesta Dica da Semana, ensinamos a medir o desgaste da corrente de sua bike sem precisar de ferramentas específicas, utilizando apenas uma régua comum.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização