12 de junho de 2024
Batizado de FlyKly, equipamento tem conexão com celulares e aumenta a segurança dos ciclistas - Foto :FlyKly / Divulgação

Roda inteligente transforma pedaladas em eletricidade para bike

Batizado de FlyKly, equipamento tem conexão com celulares e aumenta a segurança dos ciclistas - Foto :FlyKly / Divulgação
Batizado de FlyKly, equipamento tem conexão com celulares e aumenta a segurança dos ciclistas – Foto :FlyKly / Divulgação

Uma equipe de designers de Nova Iorque criou uma roda especial que armazena a energia das pedaladas para dar mais impulso aos ciclistas, por meio de um auxílio elétrico. Chamado de FlyKly, o equipamento é fácil de ser instalado, e, além de aumentar o desempenho dos ciclistas em subidas e trajetos de maior esforço, também funciona como um item de segurança para as bicicletas.

Pensando na grande variedade de opções no mercado de bikes, os criadores do FlyKly desenharam a estrutura da roda para se adaptar a, praticamente, todos os quadros de bicicletas. Uma vez a roda instalada no veículo, um equipamento receptor armazena a energia gerada pelas pedaladas e otimiza essa quantia, quando necessário. Assim, por meio do sistema, o ciclista consegue atingir a velocidade de 25 km/h, com uma autonomia de até 50 km.

A roda inteligente possui uma trava remota, que aumenta a segurança dos usuários. Assim, o dispositivo dificulta a ação dos ladrões, mesmo que os proprietários das bicicletas estejam longe de seus veículos. A fim de se tornar uma opção de estilo no mercado, o FlyKly tem versões disponíveis em diversas cores, inclusive a “Glow in the Dark”, que brilha no escuro: sendo, então, uma atrativa opção de segurança para os passeios noturnos.

Fly KlyA criação garante a interatividade com os celulares dos ciclistas, por meio de conexões Bluetooth 4.0 com dispositivos iOS, Android e Pebble, além de disponibilizar um aplicativo próprio que indica as melhores rotas para os usuários chegarem aos seus destinos. Entre os adicionais, o FlyKly também oferece lanternas e carregadores para smatphones, ambos alimentados pela energia gerada nas pedaladas.

O projeto está no final de sua fase de captação de recursos, e já conseguiu angariar uma verba seis vezes superior à estipulada, por meio da plataforma de financiamento coletivo. Para adquirir um exemplar, é preciso desembolsar mais de R$ 1.340 na própria plataforma online – e a procura pelo produto ainda é bem grande.

Fonte: CicloVivo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização