22 de junho de 2024

Absa Cape Epic iguala os prêmios das categorias masculina e feminina

Cape EpicA organização da prova Absa Cape Epic, a mais famosa ultramaratona de mountain bike do planeta, anunciou que em 2014 os valores dos prêmios das categorias masculina e feminina serão iguais. Atualmente, a maioria das competições utiliza critérios de premiação diferenciada, da qual a categoria feminina, via de regra, é premiada com valores abaixo dos praticados na premiação das categorias masculinas.

A iniciativa da mudança se deu por conta do novo patrocinador do evento, a Sasol Oil. “Estamos encantados em patrocinar a Absa Cape Epic. Esta prova exige um rendimento excepcional de todos os participantes, independentemente do sexo. Acreditamos que a premiação em dinheiro deva refletir nisto e estamos orgulhosos de poder contribuir com a mudança”, explica Alan Cameron, diretor da Sasol Oil.

“Cremos que a premiação em dinheiro aumenta a credibilidade em um esporte profissional. Estamos muito contentes pelo fato de que, com o apoio de nossos patrocinadores, temos conseguido aumentar ano após ano os valores da premiação da Absa Cape Epic, o que tem estimulado a outras competições de MTB a fazer o mesmo e, com isto, aumentar a participação dos atletas profissionais. A África do Sul provavelmente é o único país do mundo no qual ciclistas de estrada migram para o mountain bike e não o contrário, já que é no MTB que se encontram as melhores premiações. É para nós um motivo de orgulho ter um papel tão importante na profissionalização do esporte”, comenta Kevin Vermaak, criador do Absa Cape Epic.

A atual campeã do mundo de bike-maraton, Gunn Rita Dahle, reconhece o anúncio como uma grande conquista para o ciclismo feminino. “É maravilhoso quando um evento tão popular como o Absa Cape Epic decide igualar a premiação entre homens e mulheres. Prometi a mim mesma (e a Kevin Vermaak) há alguns anos que não participaria de eventos de bike-maraton em que a premiação fosse diferente entre homens e mulheres. Esta é uma notícia muito importante e espero que outras organizações de provas e eventos sigam o exemplo.”

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização