22 de junho de 2024

Shimano lança novo grupo motorizado para o seguimento de e-bikes

Gigante japonesa cria grupo de transmissão STePS, capaz de converter uma bike comum em elétrica

A julgar pelo seu ritmo de crescimento, não é surpresa que cada vez mais fabricantes de bicicletas e componentes invistam no seguimento das bicicletas do tipo e-bike/pedelec. A Shimano, marca líder na fabricação de componentes para bicicletas não poderia ficar de fora e anunciou o lançamento de um novo grupo, o STePS, que pode ser instalado em uma bicicleta comum, convertendo-a em uma e-bike. O grupo completo é composto por uma unidade de acionamento, transmissão, bateria, motor e um ciclocomputador exclusivo que informa ao ciclista dados como velocidade, carga da bateria, potência etc.

Ao contrário de outros grupos da Shimano, que podem ser misturados entre si, o grupo STePS foi desenvolvido para funcionar como um único sistema. Isto significa que cada componente individual funciona integrado aos outros componentes. O novo sistema pedelec é acionado automaticamente quando o usuário começa a pedalar e desliga-se quando a velocidade de 25km/h é alcançada, por razões de segurança e legislação (esta é a velocidade máxima permitida nas ciclovias norte-americanas).

Os botões localizados na manete direita controlam as luzes da bike, enquanto os da manete esquerda controlam os modos de condução
Os botões localizados na manete direita controlam as luzes da bike, enquanto os da manete esquerda controlam os modos de condução

A unidade propulsora do grupo Steps possui um design compacto e um peso de 3,1 kg, um dos mais leves do mercado, permitindo ao usuário um controle total sob todas as condições de pedaladas, de acordo com o fabricante. O STePS possui três tipos de modo de condução: Eco, Normal e High:

  • No modo Eco, a autonomia pode chegar a 120km;
  • No modo Normal, autonomia cai para 100km;
  • No modo High, a autonomia é de 80km

É bom lembrar que para se levar esta autonomia em consideração, os testes foram realizados na velocidade de 23 km/h em pista de asfalto plana. Sendo assim, os resultados poderão variar em deciorrência de fatores como velocidade, vento, inclinação da subida/descida etc. Durante a pedalada, o ciclocomputador informa sobre o modo de condução, carga da bateria, velocidade atual, distância percorrida etc.

O motor fica instalado no cubo dianteiro
O motor fica instalado no cubo dianteiro

A bateria, que pode ser instalada tanto no bagageiro traseiro quanto no down tube da bike, possui a capacidade de 418Wh e pode levar até 4 horas para ficar completamente recarregada.

Uma boa notícia é que o STePS pode ser integrdo ao câmbio/cubo traseiro Shimano Di2, o que trás algumas vantagens importantes. Primeiro, as engrenagens cubo Shimano Di2 diminuem a tensão da corrente, aumentando sua vida útil. Além disso, ao se utilizar as marchas reduz-se a potência do motor, aumentando sua autonomia.

Confira abaixo as especificações técnicas:

Unidade transmissora (DU-E6000) e pedivela (FC-E6000)

  • Temperatura de trabalho: -10℃~+50℃ Temperatura de armazenagem: -20℃~+70℃
  • Voltagem nominal: 36V
  • Potência máxima : 500W
  • Potência nominal: 250W (EPAC EN15194)
  • Torque máximo: 50Nm
  • Peso: < 3,100g (sem o pedivela)
  • Pedivela: 44T & 38T

Controlador (SW-E6000)

  • Posições: High, Normal, ECO e desligado)
  • Acesso às informações do ciclocomputador
O ciclocomputador SC-E6000 fornece todas as informações sobre velocidade, carga da bateria, etc.
O ciclocomputador SC-E6000 fornece todas as informações sobre velocidade, carga da bateria, etc.

Ciclocomputador (SC-E6000)

  • Operado por botões localizados nas manetes
  • Fácil leitura
  • Sensores : Torque / Cadência / Marcha / Velocidade

Bateria (BT-E6000)

  • Capacidade : 418Wh (36V, 11.6Ah)
  • Tempo de recarga : 4 horas
  • Possibilidade de instalação na parte traseira da bike ou no down tube
  • Peso : 2,550g (Bateria) : 420g (suporte)
  • Temperatura de trabalho : 0℃~+40℃ (carregando) : -10℃~+50℃ (operando)
  • Vida útil : >1000 cargas

Corrente (CN-E6070/CN-E6090)

  • Reforçada para utilização em e-bikes
  • Mais eficiente, mais silenciosa
  • Menor manutenção
  • Para utilização em coroa única
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização