20 de junho de 2024

Livro debate mobilidade de pedestres e ciclistas

Lançada coletânea com artigos de 17 especialistas que aborda temas como planejamento urbano e dá exemplos de projetos cicloviários e de calçadas acessíveis

Brasil não motorizadootorizadoAcaba de sair publicado, com distribuição pela FNAC, o livro “Brasil Não Motorizado”, coletânea de textos sobre mobilidade urbana assinados por 17 profissionais da área e dedicados a temas como bicicletas, calçadas e acessibilidade no espaço público.

A organização da obra ficou a cargo de Antonio Carlos de Mattos Miranda e João Carlos Cascaes, especialistas na área e que também assinam artigos técnicos sobre o assunto.

O primeiro lançamento do livro ocorreu em outubro, durante o congresso da ANTP em Brasília, e agora será feito o lançamento estadual, amanhã, quinta-feira (7), em Santa Catarina, como parte da programação do Seminário Intermunicipal Camboriú de Mobilidade Ciclística. Em breve, o livro deve chegar também às livrarias do país, informam os organizadores.

Nesta coletânea, arquitetos, engenheiros, docentes na área de tráfego e outros estudiosos da mobilidade voltada a pedestres, ciclistas e deficientes físicos trazem exemplos de trabalhos concluídos recentemente ou que estão em fase de implantação, além de projetos em estudo que poderão ser aplicados pelos órgãos públicos regionais ou por gestores particulares.

Confira abaixo os artigos incluídos no livro “Brasil Não Motorizado”:

  • “O resgate da ciclabilidade de Balneário Camboriú”, de André Geraldo Soares e Roberta Raquel
  • “A segurança no uso da bicicleta. Alguns aspectos técnicos do planejamento em projetos cicloviários”, de Antonio Carlos de Mattos Miranda
  • “A bicicleta no Brasil: transporte ou brinquedo? O imaginário da mobilidade urbana”, de Fábio Duarte e Rafael Medeiros
  • “Os desafios para fazer de Curitiba uma cidade ciclável”, de Goura Nataraj Jorge Brand
  • “Fatores de sucesso do planejamento cicloviário na Holanda: Lições para o Brasil”, de Jeroen Buis
  • “Acessibilidade, inclusão e cidadania”, de João Carlos Cascaes
  • “O que falta para Fortaleza avançar na mobilidade por bicicleta”, de José Carlos Ary e Miguel Ary
  • “O Modo de Transporte a Pé nos grandes centros urbanos brasileiros: O caso de São Paulo”, de Maria Ermelina Brosch Malatesta
  • “Territorialidade dos modos de transportes ativos”, de Reginaldo A. de Paiva
  • “A acessibilidade em Xeque”, de Ricardo Tempel Mesquita
  • “As calçadas de pedestres. Curitiba e Madri – semelhanças e diferenças”, de Roberto Ghidini
  • “A mobilidade não motorizada e o trânsito urbano”, de Rosangela Battistella
  • “O que Florianópolis poderia mudar quanto ao transporte não motorizado”, de Vera Lucia Gonçalves da Silva

Fonte: Portal Mobilize

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização