12 de junho de 2024
Ciclistas voluntários são convocados a realizarem serviços de entregas em SP - Foto :Ricardo Lisboa

Ciclistas voluntários realizam serviços em prol de crianças carentes

Ciclistas voluntários são convocados a realizarem serviços de entregas em SP - Foto :Ricardo Lisboa
Ciclistas voluntários são convocados a realizarem serviços de entregas em SP – Foto: Ricardo Lisboa

No próximo dia 22 de novembro, ciclistas percorrerão as ruas de São Paulo em prol de crianças e adolescentes da periferia. A iniciativa da Carbono Zero Courier, empresa que realiza serviço de entregas utilizando bikes, visa contribuir com um projeto social e também comemorar o aniversário de três anos.

Chamada de “Pedalada Para o Bem”, a ação social acontece pela segunda vez. A iniciativa consiste em convocar ciclistas voluntários para realizar o serviço de entregas. Todo o valor arrecadado será revertido para as ações promovidas pela Aro Meia Zero junto à Casa do Zezinho.

A Associação Educacional e Assistencial Casa do Zezinho é uma organização social sem fins lucrativos, localizada na periferia da zona sul de São Paulo. Ela atua na formação de crianças e jovens com atividades de educação, arte, cultura e em oficinas de capacitação profissional. Um dos projetos da instituição é o Pedala Zezinho, que leva bicicletas, oficinas para o reparo de bikes e discussão sobre mobilidade urbana.

Ao participar da “pedalada” da Carbono Zero Courier, no próximo dia 22, os ciclistas contribuirão com o projeto social. De acordo com a empresa, já estão confirmados o vereador de São Paulo José Police Neto e Alex Hornest, um dos maiores nomes de arte urbana no Brasil.

Para fazer parte, basta preencher o formulário de inscrição. Caso não possa participar como ciclista voluntário, há também outras maneiras de ajudar: solicitando entregas para o dia da ação (22 de novembro), adquirindo camisetas da pedalada junto à Greentee, indicando patrocinadores, divulgando e compartilhando a iniciativa nas redes sociais.

Vídeo:

Fonte: Ciclovivo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização