25 de abril de 2024
Água, terra e ar foram os elementos que envolveram os atletas que estiveram na primeira edição do Rocky Man - Foto: Divulgação / Thiago Diz

Rio de Janeiro será palco da edição 2013 do Rocky Man

Provas incluem modalidades individuais como escalada, surfe, mountain bike, corrida da montanha e stand-up paddle e coletivas (canoa polinésia e corrida em equipe)

Água, terra e ar foram os elementos que envolveram os atletas que estiveram na primeira edição do Rocky Man - Foto: Divulgação / Thiago Diz
Água, terra e ar foram os elementos que envolveram os atletas que estiveram na primeira edição do Rocky Man – Foto: Divulgação / Thiago Diz

As paisagens urbanas e naturais do Rio de Janeiro serão esportivamente exploradas nas mais diferentes formas. No fim de semana dos dias 8 e 9 de novembro, a “Cidade Maravilhosa” sediará a segunda edição do Rocky Man, uma competição incrível, por equipes, que contará com seis provas individuais (Escalada, Surfe, Mountain Bike, Corrida da Montanha Feminina, Corrida de Montanha Masculina e Stand-up Paddle) e duas coletivas (Canoa Polinésia e Corrida em equipe).

Serão 20 times ao todo, sendo cinco internacionais – cada um formado por cinco atletas e um sexto elemento que exercerá a função de apoio. Entre as premiações por equipes e individuais serão distribuídos 31 mil dólares.

“A expectativa pro Rocky Man 2013 não poderia ser melhor. No Rocky Man 2012, cumprimos o nosso objetivo de promover conjuntamente os esportes de natureza e a cidade do Rio de Janeiro, demonstrando – com a “ajuda” de alguns dos maiores atletas de cada modalidade do Brasil e do mundo – que poucas cidades do mundo têm este conjunto de características naturais tão favoráveis a prática dos esportes ao ar livre. E faremos o mesmo, de forma ainda mais ousada, no Rocky Man 2013 ”, diz Caco Alzugaray, publisher da Editora Rocky Mountain, organizadora do evento.

A modalidade que vai abrir o Rocky Man2013 será a escalada, na sexta-feira, 8 de novembro. A escalada será em rocha e todos os escaladores utilizarão a mesma via. O tempo de cada atleta será cronometrado.

O Surfe abre o sábado (9 de novembro) de competições, às 7h, na Praia do Arpoador. A largada será em estilo Le Mans. Os surfistas terão que correr cerca de dois quilômetros antes de caírem no mar, sendo que os mais rápidos terão mais tempo para pegar as melhores ondas. Serão disputadas cinco baterias com quatro atletas cada e a classificação final será convertida em minutos e estes somados ao tempo total da equipe.

Às 8h será a vez das bicicletas na etapa de Mountain Bike do Rocky Man, que terá percurso de aproximadamente 45Km com trechos de asfalto e trilhas. As bikes vão largar no Posto 10 da Praia de Ipanema e chegar no Parque dos Patins, na Lagoa Rodrigo de Freitas, que será a sede dos 8Km de Stand-up Paddle.

As últimas etapas individuais serão as corridas de montanha e, como manda o figurino, “primeiro as damas”. Às 12h as mulheres largarão da Lagoa Rodrigo de Freitas para 23Km, e, em seguida, às 13h, os homens saem para encarar 28Km, com largada na Lagoa e chegada na Praia Vermelha.

Os momentos finais do Rocky Man serão marcados pelas provas coletivas, das quais os cinco integrantes participarão. Às 16:30h ocorre a competição de Canoa Polinésia, que será disputada em circuito, na Praia Vermelha, e terá um percurso de 12Km. Ao saírem da canoagem, os atletas terão de correr juntos, os 10km finais, até a linha de chegada, no Posto 10, em Ipanema.

“Com um percurso novo de tirar o fôlego e equipes ainda mais competitivas, com alguns campeões brasileiros e até mundiais, o Rocky Man 2013 com certeza vai deixar ainda mais claro que os esportes de aventura e de ação, ou seja, os esportes de natureza, são importantíssimos fomentadores do turismo e do lazer consciente”, empolga-se Caco Alzugaray, publisher da Editora Rocky Mountain, organizadora do evento.

Grandes feras do esporte mundial se encontram – Esta edição do Rocky Man promoverá o encontro de verdadeiras estrelas do esporte mundial. Alexandre Ribeiro, hexacampeão do Ultra Man, Bárbara Bomfim, maior vencedora do Ecomotion/Pro, o surfista Pedro Scooby e a corredora Stevie Kremer, campeã mundial do circuito de Sky Running, são apenas algumas das feras.

Cada um dos 20 capitães tem  a missão não só de montar a estratégia de suas equipes como a de escolher os seus integrantes. Assim, não é exagero dizer que o Rocky Man 2013 começa antes mesmo de os atletas se alongarem e aquecerem.

“Montar a equipe que vai disputar o Rocky Man 2013 foi muito difícil. São muitas atividades e é necessário formar um time equilibrado, para ter um desempenho constante ao longo da competição. Vamos ter um grupo bem semelhante ao do ano passado, com uma integração muito boa”, disse Alexandre Ribeiro, que destacou a escolha da mulher como uma das principais dificuldades na formação da equipe: “Tivemos que encontrar uma mulher para correr os 23Km da prova individual e os 10Km da coletiva, ou seja, que consiga correr 30Km. Não foi fácil”.

Fonte: Esporte Alternativo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização