12 de junho de 2024

Conheça os causadores das cãibras e como evitá-las

evitarCãibras“Contrações involuntárias e dolorosas de um músculo ou um grupo muscular que acometem apenas a musculatura estriada e afetam, principalmente, os músculos posteriores da perna.” Essa é a descrição do diretor do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte, em São Paulo, Dr. Moisés Cohen, para uma das dores mais comuns entre atletas em geral: as cãibras.

De acordo com o médico ortopedista, “elas podem se iniciar durante a atividade física, no repouso e no sono.” As dores geralmente aparecem após uma contração muscular intensa, seguida do encurtamento do mesmo músculo.

Os motivos para que elas existam, segundo Cohen, são vários. “O suor e a diurese (produção de urina pelo rim) excessiva podem causar uma hiponatremia (queda do sódio)”, explica o ortopedista. “Além disso, o organismo também utiliza sódio do músculo quando acaba a fonte de glicogênio (principal reserva energética nas células), podendo ocorrer uma irritabilidade em algumas terminações nervosas que ficam exitadas, provocando um estresse ao seu redor e resultando nas cãibras.”

Mas não é só a falta de sódio que causa o incômodo. “As deficiências de outros minerais como cálcio, magnésio e potássio podem causar cãibras musculares”, ressalta o Dr. Cohen. “Condicionamento físico insuficiente e a fadiga também podem ser responsáveis pelas dores.”

Pessoas com diabetes, problemas neurológicos e vasculares tendem a sentir cãibras com mais facilidade. “Por último, algumas evidências indicam que o uso de certos suplementos dietéticos, como creatina, pode aumentar os riscos de cãibras.”

Desde pequenos, escutamos que comer banana ajuda a prevenir as contrações musculares. Porém, Dr. Cohen garante que nem tudo é verdade. “Apenas a banana, rica em potássio, não resolve o problema”, diz o médico. “O ideal é manter uma hidratação adequada antes, durante e depois da prática esportiva, realizar uma reposição nutricional adequada, principalmente com o sódio, e alongar os músculos antes e depois das atividades físicas.”

Ele listou cinco itens fundamentais para prevenir as cãibras:

  • Alongar e aquecer a musculatura antes do início dos treinos e corridas;
  • Hidratar-se bem antes, durante e depois das atividades físicas;
  • Repor níveis de sódio durante os intervalos de exercícios intensos e com transpiração abundante com bebidas esportivas ou com alimentos que contenham sódio (Ex.: pães e bicoitos);
  • Ingestão adequada de carboidratos para evitar a utilização de proteína muscular como forma de energia;
  • Assegurar uma recuperação nutricional adequada.

Para finalizar, Dr. Cohen explica o que fazer quando se sente cãibras. “Elas podem ser interrompidas por uma contração da musculatura oposta à afetada ou por um alongamento dos músculos com dores.” O grupo muscular afetado, de acordo com o ortopedista, pode permanecer dolorido por alguns dias, dependendo da intensidade da cãibra.

Fonte: Ativo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização