5 de dezembro de 2023

Tour Divide, a mais dura prova de mountain bike do mundo

Por Sílvio Sá*

Ano passado, assistindo a um programa na tv a cabo, deparei-me com essa loucura que, pra mim, certamente é a mais dura prova de mountain bike do mundo, o Tour Divide.

Tour DivideA rota, conhecida como “Great Divide Mountain Bike Route” é considerada a rota mais longa traçada para ciclismo off-road. Foi mapeada por 4 anos pela Adventure Cycling Association e publicada em 1998. Ela tem início na cidade de Banff, no Canadá, onde atravessa as províncias de Alberta e da Colúmbia Britânica. Atravessa toda a cadeia das Montanhas Rochosas, passando pelos estados americanos de Montana, Idaho, Wyoming, Colorado e Novo Mexico até chegar a fronteira com o México.

Tour DivideAo final da prova, o competidor percorreu aproximadamente 4.392 km ou 2.745 milhas, e ascensão acumulada próxima a 200.000 pés ou 60.960 metros. Passa por longas estradas de terra e trilhas de jipe. O percurso atravessa áreas de intensa fauna selvagem, com ocorrência de ursos e leões da montanha.

É uma corrida diferente, sem carro ou equipe de apoio, sem controles rígidos e mesmo sem data certa. Cada competidor tem que ser completamente auto suficiente em alimentação, hospedagem e mecânica da bicicleta. Qualquer suporte válido só pode ser requisitado no comércio das cidades por onde passa não sendo permitido nenhum tipo de suporte exclusivo ou programado. A hospedagem é feita em hotéis e pousadas ou mesmo acampado no meio do mato. Alimentação em restaurantes ou qualquer similar.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Usualmente, a largada em grupo ou “Grand Depart” acontece no segundo final de semana de junho, mas nada impede que o competidor inicie sua aventura em outra data tendo seu resultado validado para a competição. Cada participante leva em sua bicicleta todo o material que irá necessitar, incluindo barraca e artigos de camping, alimentação, hidratação, roupas e ferramentas. Bem diferente das tradicionais provas de velocidade onde os competidores saem com apenas duas caramanholas.

A corrida teve início em 1999 e atualmente o recorde masculino é de aproximadamente 17 dias para percorrer os quase 4.400 km que dá mais de 250 pedalados por dia.

Se ficou interessado, procure por maiores informações no site da prova ou assista o filme Ride the Divide. Depois, é só treinar bastante, comprar a passagem para o Canadá para junho do ano que vem, carregar a bicicleta e se divertir muito.

Confira o vídeo do evento

Sobre o autor

Sílvio Sá é coordenador do grupo Mountain Bike Brasília
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização