12 de junho de 2024

Bicicleta da ciclopatrulha é roubada em Curitiba

Ciclopatrulha, Setran, curitiba, RouboA prefeitura da cidade de Curitiba, PR, acaba de engrossar as estatísticas nacionais de vítimas de ladrões de bicicleta. Uma das bikes que compõem a frota da Ciclopatrulha da Secretaria de Trânsito – Setran foi roubada durante a madrugada.

A bicicleta, avaliada em R$ 1.250, estava presa apenas pela roda dianteira em um paraciclo. Aproveitando o descuido, o ladrão soltou a blocagem da roda e levou o restante da bicicleta.

Segundo a Setran, um dos agentes percebeu que o equipamento havia sido roubado. A Secretaria informa que registrou boletim de ocorrência sobre o episódio. Após o episódio, as outras bicicletas da Setran passaram a ser guardadas em uma sala fechada, monitorada por câmera e alarme.

Das três bicicletas que sobraram, duas estão há um mês paradas por falta de manutenção. A Setran afirma que a pasta não tem recursos orçamentários para realizar os reparos necessários nas bicicletas. Atualmente, apenas uma bicicleta vem sendo usada em ações de fiscalização. O equipamento é dividido por dois agentes da ciclopatrulha nos turnos da manhã e da tarde.

CiclopatrulhaUma fonte que conhece de perto o funcionamento da ciclopatrulha, sob condição de anonimato, afirma que, no início, as bicicletas recebiam revisões periódicas a cada 45 dias para garantir condições adequadas de trabalho aos agentes. “Se estão quebradas agora é porque não tiveram a manutenção preventiva. Esperaram as bicicletas quebrarem para deixá-las encostadas”, afirma. A mesma fonte critica o fato de os equipamentos ficarem expostos no depósito. “Deram mole. Agora que roubaram, vamos ver se tomam mais cuidado com as que restaram”, aponta.

Denúncia – As bicicletas da Setran têm quadro e suspensão dianteira da cor branca, com selos de identificação da Setran e da Prefeitura Municipal de Curitiba. O cambio é Shimano (rapid-fire) e rodas Vzan. Além disso, tem iluminação dianteira (branca)e traseira (vermelha). Quem vir uma bicicleta com essas características sendo usada por alguém, que não um agente da Setran, pode denunciar para a Polícia Militar (190) ou para a Guarda Municipal de Curitiba (153).

Fonte: Ir e Vir de Bike

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização