12 de junho de 2024
Victor Castello Branco, da Courrieros: modelo de negócio sustentável

Entrega de bicicleta é mais rápida e dá mais lucro

Empresa de entregas sustentáveis cresce 25% ao mês

Victor Castello Branco, da Courrieros: modelo de negócio sustentável
Victor Castello Branco, da Courrieros: modelo de negócio sustentável

Lançada em outubro de 2012, a Courrieros oferece um serviço que usa bicicletas em vez de motos para fazer entregas em são Paulo. Em 10 meses, a empresa passou de 110 entregas mensais para 120 entregas diárias, feitas por 15 ciclistas.

“A bicicleta é descomplicada. Quando o trânsito trava em São Paulo, ela continua andando”, diz Victor Castello Branco, de 24 anos, um dos sócios da Courrieros, ao lado de Rodrigo Assaff, de 24, Steffano Cappanari, de 25, André Biselli, de 23, e Richard Sippli, de 24.

Apesar de não falar em dinheiro, eles garantem que o negócio já os mantém. Todos deixaram o emprego para trás para empreender. Apenas Steffano continua trabalhando em um banco de investimento.

A ideia de trocar os poluidores motoboys por sustentáveis “bikeboys”, como eles chamam os entregadores, já rendeu parcerias com empresas como Netshoes e Itaú BBA, clientes há três meses, e o prêmio Eco Challenge, promovido pela Pepsico, que seleciona ideias inovadoras ligadas à sustentabilidade.

Segundo Victor, a Courrieros tem funcionários treinados para lidar com os clientes e um aplicativo que permite que a empresa rastreie o pacote em tempo real. Até o fim deste ano, o plano é contratar mais 20 ciclistas.

Fonte: Revista Exame

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização