23 de junho de 2024
As inscrições para a etapa brasileira do Open Shimano, inédita na história da competição, já estão encerradas - Foto: Maximiliano Blanco/Shimano Latin America

Open Shimano reúne pilotos de downhill de quatro países

As inscrições para a etapa brasileira do Open Shimano, inédita na história da competição, já estão encerradas - Foto: Maximiliano Blanco/Shimano Latin America
As inscrições para a etapa brasileira do Open Shimano, inédita na história da competição, já estão encerradas – Foto: Maximiliano Blanco/Shimano Latin America

As inscrições para a etapa brasileira do Open Shimano, inédita na história da competição, já estão encerradas. Durante os dias 14 e 15 de setembro, 250 pilotos de dowhnill de quatro países levarão à cidade de Balneário Camboriú (SC), a emoção e a velocidade do esporte. A pista do Parque Unipraias, localizado na praia de Laranjeiras com padrão internacional, será o palco do campeonato.

“A ideia de realizarmos etapas do Open Shimano, fora da Argentina, é antiga. Mas partimos do ponto de que as coisas têm que caminhar de uma forma saudável, sem pular estágios naturais. Assim decidimos no momento certo realizar o Open Shimano Latino America (LATAM), no Brasil e no Chile. Temos aprendido um pouco mais em cada etapa dos últimos seis anos”, afirma Martin “Cepi” Raffo, piloto argentino de downhill e um dos coordenadores da prova.

Atletas do Brasil, Argentina, Chile e Paraguai levarão ao parque catarinense muita adrenalina. Serão nove categorias, cadetes (15 e 16 anos), juvenil (17 e 18 anos), pré-juvenil, elite sub-30, máster A1, A2 e B, além das elites pro, masculina e feminina. Entre os inscritos, 30 são estrangeiros, pouco mais de 10%, o que deixa o favoritismo para os brasileiros nas várias categorias à exceção da elite. No masculino mais de 25% dos pilotos virão de fora do País, e no feminino há equilíbrio, com 50% de atletas nacionais.

Entre os brasileiros confirmados, destaques para Nataniel Giacomozzi, Markolf Berchtold e Wallace Miranda. Os três já disputaram a competição na Argentina, com bons resultados. Argentinos e chilenos prometem fazer frente aos nossos atletas. Nomes como Camila Nogueira, da Argentina, campeã pan-americana de 2013, e Mauricio Acuña, do Chile, campeão pan-americano de 2013, deverão dar trabalho aos rivais.

Questionado sobre a rivalidade entre Brasil e Argentina, que em esportes como futebol e basquete costuma aflorar, Cepi garante que o principal adversário dos pilotos é cronômetro: “Acredito que está longe de ter uma rivalidade como existe no futebol. No downhill o piloto corre contra o tempo. Não há atrito entre os atletas e para mim, como corredor, quando eu largo quero ganhar de todos, seja qual for o país, e aproveito mais quando ganho dos meus amigos, assim posso brincar com eles”.

Cruzando fronteiras – Em seis anos de realização, o Open Shimano apresenta um balanço de evolução. Mais de 2.700 atletas de oito países já disputaram a competição argentina, que teve a primeira edição em 2008. Entre os vencedores, destaque para 20 medalhistas pan-americanos. Até hoje, foram 29 corridas em 14 circuitos distintos da Argentina.

Neste ano, quatro etapas já foram realizadas pelo torneio argentino Open Shimano: Bariloche e Cerro Chapelco em fevereiro; Tucumán em março; e La Rioja em junho. A competição sul-americana, com estreia no Brasil, segue depois para Córdoba (ARG) com a segunda etapa nos dias 26 e 27 de outubro. O Chile encerra o primeiro ano do Open Shimano LATAM, nos dias 14 e 15 de dezembro, no bike park de Nevados de Chillán.

Zee Short DH é sucesso no Shimano Fest – Em seu segundo ano de realização, o Zee Short Downhill (DH) reuniu cerca de 70 pilotos na elite, masculina e feminina, no Shimano Fest, em Mogi das Cruzes, no final de semana passado. Julia Alves, atleta Shimano da equipe Gios BR, garantiu o ouro com o tempo de 1min01seg546. Completaram o pódio Bruna Urick (1min04seg994), Patricia Loureiro (1min08seg238), Julia Freire (1min16seg993) e Ingrid Camara (1min22seg207).

Gabriel Giovaninni levou o título no masculino. Após classificar-se em segundo lugar para a final, o piloto de Indaiatuba (SP) conseguiu baixar o tempo para 51seg775, melhor marca da competição. Lucas Borba (52seg088), Wallace Miranda (52seg573), Thiago Farinelle (53seg726), atleta Shimano da equipe Gios BR, e Cesar Felix (53seg750) também subiram ao pódio.

Programação

Sexta-feira – 13/9

  • 9h às 18h – Confirmação das inscrições
  • 9h30 às 12h – Treinamentos
  • 14h às 17h – Treinamentos

Sábado – 14/9

  • 9h30 às 12h – Treinamentos
  • 13h às 17h – Classificação

Domingo – 15/9

  • 9h30 às 12h – Treinamentos
  • 13h às 17h – Finais
  • 17h30 – Premiação

Serviço

Open Shimano – Etapa Brasil

  • Data: 13 a 15 de setembro
  • Local: Parque Unipraias, Balneário Camboriú (SC)
  • Endereço: Praia das Laranjeiras, Av. Normando Tedesco, Barra Sul

Fonte: Esporte Alternativo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização