25 de maio de 2024

Mãos dormentes ao pedalar? Entenda o porquê

Muitos ciclistas reclamam com frequência de dormência nas mãos, principalmente durante as descidas, quando pedalam agarrados ao guidão. De quem é a culpa? Das luvas? Das manoplas? Da postura do ciclista sobre a bike?

Por que minhas mãos ficam dormentes ao pedalar?As dores nas mãos no ciclismo e no mountain bike devem-se a um incorreto apoio destas sobre o guidão. O nervo ulnar, que percorre o antebraço até a mão, fica aprisionado ao depositarmos nosso peso sobre as mãos, produzindo assim o adormecimento.

Existem uma série de fatores que contribuem para a dormência ou dor nas mãos. O ideal seria minimizá-los ou mesmo eliminá-los. Utilize luvas com gel e no tamanho apropriado, que não apertem as mãos pressionando o nervo.

Outra possibilidade está na troca das manoplas do guidão. Nos modelos convencionais, a pressão que os ossos das mãos exercem sobre elas acabam por comprimir o nervo ulnar, enquanto que em uma manola de guidão anatômica, a pressão sobre a zona da palma das mãos reduz, graças ao aumento da superfície de apoio.

A substituição das manoplas do guidão também pode ajudar a solucionar o problema. Recomendar algum modelo é algo difícil, pois existem centenas de modelos no mercado, com distintos graus de maciez, tamanhos, formas etc. Uma boa solução é testar modelos mais macios, cuja espessura se adeque ao tamanho de sua mão, que permitam o agarre fácil e que sejam ergonômicos.

O nervo ulnar, que percorre o antebraço até a mão, fica aprisionado ao depositarmos nosso peso sobre as mãos, produzindo assim o adormecimento

Muito importante também é a forma com que seguramos o guidão, que deve ser seguro com firmeza, mas sem força excessiva. O ciclista deve ir relaxado na bicicleta, porém com tensão muscular. Pedalar com os braços tensos poderá travar sua musculatura, produzindo de maneira indireta dor e dormência nas extremidades das mãos.

O uso de barends, principalmente no caso de guidões do tipo reto permitem a troca de posição das mãos durante as subidas, aliviando substancialmente a pressão sobre a palma da mão.

No que diz respeito a postura corporal, podem ocorrer vários motivos que contribuem para a dormência nas mãos: em um guidão muito baixo em relação ao selim, haverá uma maior quantidade de peso recaindo sobre os braços e as mãos. Outro fator a ser considerado é o ângulo de abertura das manetes de freio em relação ao guidão. Manetes muito distantes em relação ao guidão obrigam o ciclista a ficar com as mãos excessivamente abertas e forçadas. Neste caso, peça ao seu mecânico que ajuste as manetes de freio posicionando-as mais próximas ao guidão.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização