21 de fevereiro de 2024

A importância do kit de reparos: Não fique na mão no meio do caminho

Não existe nada mais frustrante para uma ciclista que ficar no meio do caminho de uma trilha devido a um problema mecânico. Caso não esteja em posse de um kit básico de ferramentas, um simples furo no pneu pode arruinar nossa cicloviagem ou trilha de fim de semana.

Muitos ciclistas urbanos costumam acreditar que em caso de emergência sempre terão uma oficina ou borracharia que possa reparar sua bicicleta. O problema é que nem sempre os problemas mecânicos que surgem em nossas bikes estão relacionados apenas aos pneus ou câmaras de ar. Correntes quebradas, câmbios desregulados e freios com cabos soltos são apenas alguns dos problemas que poderemos enfrentar e resolver, tendo em nossas mochilas ou pochetes o ferramental apropriado.

Ao contrário do que muitos pensam, muitos destes “kits de sobrevivência” pesam muito pouco, não ocupam muito espaço e possuem preço acessível.

A seguir, falarei um pouco sobre as ferramentas básicas que todo ciclista deveria levar em suas pedaladas.

Problemas mais comuns e de fácil solução:

  • Furos em câmaras de ar e/ou pneus;
  • Raios quebrados e/ou aros empenados;
  • Problemas com a corrente;
  • Freios desregulados;
  • Câmbio desregulado;
  • Selim e/ou guidão com altura inapropriado ou solto.

Ferramentas básicas

EspátulasEspátulas para retirada de pneus

O próprio nome desta ferramenta não deixa margem para dúvidas. Serve para retirar o pneu do aro da roda, com o intuito de retirar e substituir a câmara de ar furada ou rasgada. Geralmente são oferecidas em pares, embora alguns fabricantes as forneçam em kits de três peças.

Evite os modelos metálicos que podem machucar a câmara de ar durante a montagem ou desmontagem do pneu, arruinando o seu trabalho.Os modelos de nylon ou outro material plástico são mais seguras.

Kit de remendo

Kit de remendos para câmara de ar Park Tool VP-1
Kit de remendos para câmara de ar Park Tool VP-1

Para poder reparar de forma eficaz e correta a câmara de ar do pneu de nossa bicicleta, necessitamos de um kit básico de reparo. Um bom kit destes deverá conter:

  • Remendos de vários tamanhos e formatos;
  • Lixa para a câmara de ar;
  • Cola;
  • Giz ou caneta para marcar o furo

Alguns kits vendidos nas lojas utilizam remendos que não precisam de cola. Basta lixar a região do furo, limpar corretamente e aplicar o remendo Já os utilizei em várias situações, mas confesso que prefiro os bons e velhos remendos do tipo ‘estrelinha’, que utilizam cola durante o processo.

Veja também:

Câmara de ar reserva

Câmara de ar da marca Continental com válvula do tipo 'bico fino' (Presta)
Câmara de ar da marca Continental com válvula do tipo ‘bico fino’ (Presta)

Na maioria das vezes, é muito mais cômodo simplesmente substituir a câmara de ar danificada por outra reserva. Ganha-se tempo com isto e ainda podemos mais tarde remendar a câmara danificada no conforto de nossa casa ou em caso de preguiça pura e simples, pedir para nosso mecânico fazê-lo.

Em outras ocasiões, não há alternativa. É o caso de câmaras de ar que rasgaram, ou que estão tão cheias de furos que não se justifica o reparo (uma câmara de ar com mais de três furos está destinada a lata do lixo, infelizmente).

Ao adquirir sua câmara de ar reserva, leve em consideração o tamanho de sua roda (se é aro 26, 27.5 ou 29 polegadas) e se o aro de sua roda utiliza válvulas de bico fino (Presta) ou Grosso (Schrader). Outro ponto importante a ser levado em consideração é se o aro de sua roda é do tipo Aero. Neste caso, peça à loja uma câmara de ar com válvula estendida (com o comprimento maior), caso contrário ela não passará totalmente pelo furo do aro.

Mini Bomba de Ar

A bomba Topeak RaceRocket possui cabeça inteligente, sendo compatível com válvulas do tipo Presta e Schrader sem a necessidade de desmontagem
A bomba Topeak RaceRocket possui cabeça inteligente, sendo compatível com válvulas do tipo Presta e Schrader sem a necessidade de desmontagem

Furos em pneus podem ocorrer a qualquer momento e sem aviso. como nem sempre estamos próximos a postos de gasolina ou lojas de bicicletas quando pedalamos, o ideal é que levemos sempre uma bomba de ar de boa qualidade. quando eu digo de boa qualidade, estou realmente falando sério! Como trata-se de um acessório que na maioria das vezes levamos sem utilizá-lo, não existe algo mais frustrante do que no momento em que precisamos, descobrimos que a bomba de ar simplesmente não funciona da maneira correta ou não encaixa no tipo de válvula da câmara de ar de nossa bike.

Procure por marcas conhecidas, dê preferência por modelos com cabeça ‘inteligente’ (que funcionam com ambos os tipos de válvula sem a necessidade de desmontagem ou uso de adaptadores). Uma boa bomba deve encher de forma eficaz com o mínimo de esforço possível.

Veja também:

Canivete de ferramentas

Crank Brothers Multitool: Nada menos do que 19 ferramentas em um único kit
Crank Brothers Multitool: Nada menos do que 19 ferramentas em um único kit

Embora possamos utilizar as ferramentas avulsas, as do tipo multiferramentas ou ‘canivete’ são muito mais práticas, pois não se perdem tão facilmente e ocupam pouco espaço em nossas mochilas ou pochetes.

Existem centenas de opções de kits de ferramentas disponíveis no mercado. Pessoalmente gosto muito das produzidas pelas marcas Park Tool, Topeak e Crank Brothers.

Um bom kit de ferramentas deverá ser compacto, resistente a oxidação, leve e de fácil operação.

Além disso deverá conter pelo menos:

  • Jogo de chaves allen;
  • Chave de fenda;
  • Chave Philips;
  • Chave de raios;
  • Chave de corrente.

Neste artigo, limitei-me a mencionar as ferramentas básicas para reparos de bicicleta. Em outra ocasião, abordarei alguns caso típicos de problemas mecânicos que podem ocorrer em uma trilha ou cicloviagem e como resolvê-los. Até a próxima!

Sobre o autor

André Ramos é editor do website MTB Brasília
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização