18 de abril de 2024

Dicas de comidinhas para trilhas de média e longa distância

Não existe coisa pior do que ficar com fome durante nossas pedaladas. A maioria dos ciclistas costuma levar alguma coisa para tapear a fome, como frutas, barrinhas e biscoitos. Se você já está enjoado de tudo isto, que tal variar um pouco o cardápio das pedaladas?

Relacionamos abaixo algumas dicas de alimentos que se conservam bem durante viagens, além de saciar a fome de maneira muito eficaz.

GranolaGranola “envenenada” – Misture uma porção de granola com uma ou duas paçocas de amendoim e uma colher de sopa de quinoa. Armazene a mistura em um saco plástico do tipo “zip”. Além de deixar a mistura mais saborosa, a paçoca e a quinoa aumentarão a sensação de saciedade, segurando a fome por muito mais tempo.

Além disso, a quinoa, por ser rica em proteínas, ajuda no fortalecimento muscular principalmente para quem pratica atividades físicas.

Só tome cuidado para não colocar paçoca demais na mistura, pois além de ficar doce demais, é muito calórico!

batata doceBatata doce – Queridinho de fisiculturistas e atletas, esse tipo de batata não é recomendado apenas para quem pratica alguma atividade física, mas também para quem deseja emagrecer. “Ela tem um baixo índice glicêmico, ou seja, a energia contida nela é liberada gradualmente no organismo, aumentando a sensação de saciedade”, explica a nutricionista Elaine Fontes, do Spa Loongevity by Sisley.

Segue abaixo receita para se preparar uma batata doce “para viagem”: Pegue uma batata doce de tamanho médio a grande, lave-a e risque sua casca com uma faca. Em seguida, embrulhe-a com papel toalha e molhe tudo na torneira da pia. Coloque a batata ainda com o papel toalha encharcado no forno de microondas e ligue-o por cerca de 8 minutos na potência médio-alta. quando terminar o cozimento, retire o papel, seque bem a batata e embrulhe-a em papel alumínio para conservar durante o pedal.

CastanhasMix de castanhas – Prepare uma mistura de castanhas variadas (caju, castanha do Pará, amêndoas, pistache etc.) e acrescente uvas passas e damascos picados.

O damasco é uma excelente fonte de potássio, algo muito importante, principalmente se você detesta comer banana assim como eu…

Sanduíche de peito de peru – Prepare um sanduíche com pão integral (fonte de fibras e carboidratos), pincelando as fatias com mel (fonte de glicose) e recheie com fatias de peito de peru (proteína). Embrulhe em papel alumínio e plástico.

Guarde o sanduíche dentro de sua mochila de hidratação junto ao refil de água gelada, para ajudar na conservação.

Veja também:

Sobre o autor

André Ramos é editor do website MTB Brasília
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização