20 de junho de 2024

Consórcio para bicicleta no Banco do Brasil

Consórcio para bicicleta no Banco do BrasilQuem quiser deixar o carro em casa e ir para o trabalho em uma bicicleta supermoderna tem agora uma opção. O Banco do Brasil anunciou ontem a abertura de consórcio para a aquisição de bens não poluentes. A carta de crédito – no valor entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil – permite a compra de bens sustentáveis e tem, inicialmente, o foco em bicicletas elétricas. A quantidade de parcelas varia de 36 a 48 meses.

Podem participar do consórcio pessoas físicas ou jurídicas. A contemplação ocorre via sorteio, por meio da Loteria Federal, ou via lance.  Não há taxa de adesão, incidência de juros ou IOF. A cobrança se restringe à taxa de administração , a partir de 0,25% ao mês. As parcelas são debitadas em conta. Não correntistas podem pagar por meio de boleto bancário.

“Com essa iniciativa, o BB destaca-se de forma inédita no mercado de consórcio, estimulando a utilização de bens de baixo impacto ambiental, reforçando seu posicionamento de sustentabilidade e o apoio a ações que promovam o equilíbrio entre o meio ambiente, o bem estar social e a atividade produtiva brasileira”, diz o banco estatal.

Fonte: Correio Braziliense

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização