17 de junho de 2024

Após Armstrong, ciclista holandês revela detalhes de novo doping

Acusado de doping em 2009, Thomas Dekker pretende revelar nomes de pessoas envolvidas com processo de dopagem no ciclismo

Thomas DekkerSuspenso por doping entre 2009 e 2011, o ciclista holandês Thomas Dekker prometeu, nesta quarta-feira, que irá colaborar com as autoridades antidopagem. Através de um comunicado em seu site oficial, Dekker afirmou que pretende revelar os nomes de pessoas envolvidas no uso de substâncias proibidas no esporte.

O holandês e outros pilotos de sua equipe, a ”Rabobank”, foram acusados em 2009 pelo uso substâncias sintetizadas e ilegais para melhorar o desempenho. Segundo ele, seu objetivo agora é ajudar a ”limpar” o mundo do ciclismo. “Há muitos detalhes e pessoas envolvidas com o meu passado ligado ao doping. Tudo isso, incluindo os nomes de quem me ajudou, serão revelados às autoridades antidopagem” – afirmou, através do comunicado.

O doping no mundo do ciclismo virou polêmica mundial após o americano Lance Armstrong confessar ter usado EPO (eritropoetina, substância que gera um aumento de glóbulos vermelhos no sangue, o que melhora a troca de oxigênio e deixa a pessoa mais resistente ao esforço físico), ter feito transfusões de sangue e usado outras substâncias ilícitas. Ele foi banido do esporte.

Fonte: Globo Esporte

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização