12 de junho de 2024

Estrada Real (Sabarabuçu)

Há cerca de trezentos anos, as serras íngremes do trecho, cortadas por cursos d’água como o rio das Velhas, eram vistas como verdadeiros tesouros, onde seria possível achar ouro e outras pedras preciosas. Essa crença se devia ao brilho que a atual Serra da Piedade (antigo Pico de Sabarabuçu) tem. O que os bandeirantes imaginavam ser ouro é, na verdade, o minério de ferro do topo da montanha, que reflete a luz do sol. Para chegar até a serra que reluzia, esses viajantes buscaram uma rota alternativa entre Ouro Preto, no Caminho Velho, e Barão de Cocais, no Caminho dos Diamantes. Foi aí que surgiu o Caminho de Sabarabuçu. O caminho segue margeando o rio das Velhas e tem a Serra da Piedade, do alto dos seus 1.762 metros, como um dos atrativos. Além da mítica história da serra que reluz, ela servia também como referência de localização para a chegada às minas a partir de Raposos, Sabará e Caeté.

Os 160 km do Caminho de Sabarabuçu estão divididas em 6 trechos, onde cada um dos trechos guarda atrativos turísticos que vão do turismo natural ao histórico, cultural e religioso – são dezenas de igrejas e festas populares.

Dos 160 quilômetros 22,5% são de trilha (36 km).Os outros 82% são de estrada de terra (124 km)

  • Morro Vermelho – Sabará = 20 km de trilha
  • Sabará – Raposos = 3 km de trilha
  • Raposos – Honório Bicalho = 13 km de trilha

O turista tem que ficar muito atento no campo de observações das planilhas, principalmente nos trechos de trilha, onde ele terá informações do estado da trilha e a possibilidade de faze lá, como por exemplo, se tem como percorrê-la com alforje, além de informações de como é possível evitá-las. Dentre as trilhas de grande dificuldade é entre Morro Vermelho a Sabará.

Para quem percorre o caminho do Sabarabuçu no sentido Cocais – Glaura subirá um total de 77 km oscilando entre subidas curtas e longas, sendo uma das mais longas é a do trecho entre Cocais a Glaura.  Boa parte tem opções com áreas sombreadas, exceto entre o trecho Rio Acima a Glaura.

Para quem percorre no sentido Glaura a Cocais dos 160 km 76 km oscila entre subidas curtas e longas.

[sgpx gpx=”/wp-content/uploads/gpx/Estrada_Real_Sabarabucu.gpx”]

 

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização