21 de Janeiro de 2018
Inicial | Notícias | Polar M460 conta com sensor ótico para monitorar frequência cardíaca

Polar M460 conta com sensor ótico para monitorar frequência cardíaca

Ciclocomputador da marca finlandesa dispensa a desconfortável cinta peitoral, substituindo-a por um cômodo bracelete com Bluetooth

Pioneira no desenvolvimento de dispositivos eletrônicos de monitoramento e treinamento esportivo, a Polar anuncia um upgrade em seu ciclocomputador topo de linha, o M460. A partir de agora, este modelo passa e ser comercializado com um novo sensor ótico de frequência cardíaca na forma de um bracelete, no lugar da cinta peitoral, considerada por muitos atletas como desconfortável e pouco prática.

Sensor Polar OH1

Combinando versatilidade, conforto e simplicidade, o sensor OH1 é facilmente ajustado no braço do atleta através de uma tira elástica lavável. A prova d’água até uma profundidade de 30 metros, o sensor possui uma bateria com autonomia de até 12 de uso contínuo, recarregável através de uma porta micro USB.

Para trilhas e estradas – Desenvolvido para uso em ciclismo de estrada e/ou mountain bike, o Polar M460 é um ciclocomputador leve e compacto, com o peso de apenas 50 gramas e uma tela monocromática de 34,65 x 34,65 milímetros.

O aparelho conta com chip de recepção de satélites da rede GPS e barômetro integrados, conectividade Bluetooth, proteção contra água IPX7 e memória interna de 64MB, suficiente para armazenar milhares de treinamentos.

Sua bateria, de 385mAh, é recarregável e possui uma autonomia declarada pelo fabricante de até 70 horas de uso (com o GPS e o sensor cardíaco desligados) ou de 16 horas (com os recursos ativados).

Além de monitorar a velocidade, distância, altitude e frequência cardíaca, o M460 traz também informações em sua tela sobre a potência da pedalada (quando pareado com medidores de potência Bluetooth compatíveis), alertas de zonas de treino e análise de recuperação, entre outras, além de poder ser sincronizado com a rede Strava Live Segments, o que possibilita a comparação em tempo real sobre o rendimento do atleta em seguimentos próximos ao local do treino. Para tornar esta experiência de treino ainda mais imersiva, compradores do Polar M460 ganharão dois meses de assinatura no Strava Premium.

Uma vez conectado a um smartphone Android ou iOS, é possível também disponibilizar notificações em sua tela, como chamadas e mensagens de texto, além de realizar o upload de atividades para a plataforma de treinamento virtual Polar Flow, que também se encarrega de sincronizar os dados para a conta do usuário no Strava.

Na Europa, o ciclocomputador Polar M46 é comercializado ao preço médio de 230 euros (com o sensor cardíaco OH1). Perguntada pelo MTB Brasília sobre a disponibilidade e o preço a ser praticado no Brasil, a distribuidora da marca respondeu que o modelo será comercializado em breve no país, mas que até o presente momento não havia estimativa de data ou valores. A qualquer momento traremos novas informações.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização