21 de Janeiro de 2018
Inicial | Notícias | Produção de bicicletas cresce em julho, mas setor registra queda no acumulado do ano
Linha de montagfem das bicicletas Audax - Foto: Divulgação / Abraciclo

Produção de bicicletas cresce em julho, mas setor registra queda no acumulado do ano

Em comparação com o mesmo mês de 2016 houve alta de 8%, contudo de janeiro a julho o recuo foi de 4,4%. Dados são da Abraciclo

Dados divulgados na manhã desta quinta-feira (10) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), em julho foram produzidas 64.966 bicicletas por suas associadas no Polo Industrial de Manaus (PIM), volume 59,6% superior ao registrado em junho, com 40.708 unidades, e 8% maior ao mesmo mês de 2016 (60.170).

Apesar do bom desempenho registrado em julho, a Abraciclo registrou queda dos volumes no acumulado do ano. De janeiro a julho foram fabricadas 361.241 bicicletas, o que mostra recuo de 4,4% com relação ao mesmo período de 2016 (377.798).

As associadas da Abraciclo projetam para 2017 uma produção total acima de 700 mil unidades, volume cerca de 19% superior ao do ano passado, quando saíram das fábricas do PIM 669.729 bicicletas.

Importação e Exportação – Segundo os dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) analisados pela Abraciclo, a importação de bicicletas em todo o território nacional totalizou 7.406 unidades em julho. A maioria das bicicletas importadas no período foi produzida basicamente na China, com 4.997 unidades, seguida de Portugal (1.320 unidades) e Taiwan (781). No acumulado de janeiro a julho foram importadas 59.135 bicicletas, queda de 22,4% com relação ao mesmo período de 2016 (76.204).

Ainda em julho, as exportações de bicicletas produzidas no Brasil totalizaram 2.110 unidades, tendo como principais destinos o Paraguai (1.110 unidades) e o Uruguai (1 mil unidades). O volume acumulado de exportações de janeiro a julho totalizou 4.592 unidades, correspondendo a um crescimento de 29,9% ante o registrado em igual período de 2016 (3.535 unidades).

A Abraciclo – Com 41 anos de história e contando com 14 associadas, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) representa, no país, os interesses dos fabricantes de veículos de duas rodas, além de investir em ações visando a paz no trânsito e a prática da pilotagem segura.

A fabricação nacional de motocicletas, quase totalmente concentrada no Polo Industrial de Manaus (PIM), está entre as oito maiores do mundo. No segmento de bicicletas, com as principais fábricas também instaladas no PIM, o Brasil se encontra na quarta posição entre os principais produtores mundiais. No total, as fabricantes do Setor de Duas Rodas geram mais 12 mil empregos diretos no PIM.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização